Muricy concorda com pausa do Paulistão e critica Gabigol
Reprodução/SBT
Muricy concorda com pausa do Paulistão e critica Gabigol

Muricy Ramalho participou do 'Arena SBT' desta segunda-feira e falou de diversos temas. Dentre eles, o coordenador de futebol do São Paulo opinou sobre a pandemia de Covid-19 e a paralisação do Paulistão. 'Mujica', forma como Benjamin Back chama o ex-treinador, falou sobre a polêmica envolvendo  Gabigol, que foi flagrado em um cassino clandestino no domingo. 


O ex-treinador, que viralizou nas redes sociais nesta segunda-feira após aparecer em um vídeo sendo orientado a se retirar de uma praia por agentes de fiscalização no interior de São Paulo,  disse que se o caso fosse no São Paulo, onde ele trabalha, o jogador seria punido, e que ele deveria servir de exemplo para os torcedores.

Você viu?

- Ele sabe que errou muito. Não sei qual é a conversa lá (no Flamengo). No São Paulo, com certeza, existe um protocolo que se o jogador for pego dessa maneira, tem punição. Agora, é um caso do Flamengo. O Gabigol sabe que errou. Isso aí tem que servir de exemplo. O Gabigol não foi bem não - analisou.

Muricy também disse que concorda com a pausa nos jogos do Paulistão, mas acredita que os jogadores deveriam poder continuar treinando.

- O futebol, como exemplo, teria que parar também, fazer o que os outros seguimentos fazem. Isso eu sou de acordo. Só não sou de acordo de parar os treinamentos, porque, nos treinamentos, a gente cuida dos jogadores. Se eles forem para casa, com certeza vai haver problemas de contaminação (...) O futebol tem que dar exemplo, dá para segurar 15 dias. Agora, tem que deixar os jogadores treinar. Se não deixar, aí vai complicar - disse.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários