Lance

corinthians feminino
reprodução / Corinthians
Corinthians goleia a Ferroviria e conquista o Paulisto Feminino


O time feminino do Corinthians conquistou mais um título nessa temporada e desta vez com requintes de crueldade. Isso porque o Timão atropelou a Ferroviária no segundo jogo da final do Campeonato Paulista e venceu por 5 a 0 com gols de Giovanna Crivelari, Érika, Tamires, Diany e Grazi, levantando a taça do estadual, assim como no ano anterior. No primeiro duelo, as corintianas já haviam levado a melhor por 3 a 1 e tinham vantagem.

Logo aos 12 minutos, Gabi Zanotti recebeu da defesa e deu assistência para Giovanna Crivelari que, na cara do gol, abriu o placar para o Timão, chutando no canto direito, sem chances para a goleira Luciana. O Alvinegro tinha amplo domínio da partida e não demorou muito para ampliar o marcador.

Aos 20 minutos, Diany cobrou escanteio, mas a defesa cortou e a bola voltou para ela, na segunda tentativa achou Érika, que subiu mais do que toda a zaga da Ferroviária para cabecear para o gol. Era o segundo corintiano no jogo, que praticamente resolveu decisão, mas o Corinthians queria mais.

Ainda no primeiro tempo, aos 36 minutos, Kati recebeu pela direita e arriscou um cruzamento para área, quando Tamires chegou para cabecear e colocar no fundo da rede: 3 a 0 como menos de 40 minutos da etapa inicial. Um massacre.

E tinha mais.... Aos 39 minutos o Timão chegou ao quarto gol. A goleira Luciana errou na saída de bola e entrou nos pés de Gabi Zanotti, que tocou para Diany invadir a área e marcar para abrir 4 a 0 antes mesmo de ir para o intervalo.

No segundo tempo, já com o jogo decidiu, o ritmo caiu bastante, influenciado pelo forte calor na cidade de Araraquara, mas o Corinthians continuou melhor e teve muitas chances para ampliar. E o quinto gol veio, como Grazi, que tinha acabado de entrar. Gabi Nunes serviu a experiente companheira que invadiu a área e tocou para marcar. 5 a 0 Alvinegro e placar sacramentado.

Com o resultado agregado de 8 a 1, o Corinthians conquistou o bicampeonato paulista feminino e o seu segundo título no ano, já que há duas semanas havia sido campeão brasileiro ao bater o Avaí/Kindermann na final da competição.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários