Luan
Rodrigo Coca
Luan

O Corinthians liberou o meia Luan para viajar até a cidade de Rio Preto, interior de São Paulo, após o amigo de infância, Wendel Oliveira Araújo da Silva, que era carpinteiro, ser morto a tiros, na noite desta quinta-feira, no Jardim Vetorazzo.

O meia, que tinha a vítima como um "irmão", está muito abalado e foi até a cidade para auxiliar a família da vítima. Ele é esperado no treinamento de sábado, no CT Joaquim Grava.

Ainda não há informações de como o crime ocorreu, porém, a polícia local já iniciou as investigações. O que se sabe até agora é que o amigo do jogador estava em frente a um estabelecimento, na avenida Monte Aprazível, encostado em sua moto e falando ao celular. Nesse momento, duas pessoas em uma moto passaram e fizeram uma série de disparos.

A polícia já consultou uma câmera de segurança próxima ao local, na tentativa de achar pistas. A perícia também compareceu ao lugar do crime. O celular e a moto da vítima foram apreendidas para investigação.

Em um primeiro momento, Luan deve voltar a tempo para ser relacionado para a partida do Corinthians contra o Goiás, marcada na próxima segunda-feira, na Neo Química Arena, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários