Lance

Mancini
Rafael Marson
Mancini

Um dos destaques do Corinthians na vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo , no último domingo, na Neo Química Arena, Gabriel concedeu entrevista para o programa "Seleção SporTV" na tarde desta segunda-feira e fez questão de destacar a importância de Vagner Mancini tanto na evolução do time quanto na sua individualmente. Ele ainda prometeu um Timão forte no segundo turno.



Você viu?

Com Mancini no comando do Corinthians no Brasileiro, Gabriel jogou oito partidas, e o Alvinegro de Parque São Jorge não perdeu em 75% dos jogos. Além disso, o jogador é o segundo volante do elenco que mais acerta passe no Brasileirão deste ano, com 86% de aproveitamento, segundo o SofaScore.

- O Mancini vem se encaixando muito bem, ele tem um grande papel nessa retomada no campeonato, até mesmo a minha retomada de confiança e de jogos com qualidade, com personalidade, um cara que vem me ajudando, a gente vem conversando bastante diariamente, em termos táticos, técnicos, de chegar mais à frente, de arrumar o sistema defensivo, não só eu como todos os jogadores, então é um treinador que eu tenho certeza que está nos ajudando bastante e está fazendo um grande trabalho - declarou o meio-campista.

Gabriel afirmou que o estilo de jogo proporcionado por Vagner Mancini deixa a equipe mais confortável, mas não criticou o trabalho de Tiago Nunes, contratado no início da temporada para mudar a filosofia corintiana e não obteve êxito. Para o volante, a questão foi de encaixe e exaltou os méritos do atual treinador, que pode levar o time a brigar por algo maior na competição.

- Questão de confiança, o time encaixou, sequência, trabalho, a gente tem uma maneira de jogar que fica mais confortável para nós, mas nada tirando mérito do Tiago Nunes, até porque é um grande treinador, ele é um cara que tem muita qualidade, uma cara inteligente, que tem uma maneira de trabalhar interessante. É questão de momento, pode ser que dê certo em outro lugar - explicou o camisa 5 antes de completar:

- Queria até parabenizar o Mancini e torcer para que continuemos nessa sequência. O Corinthians está com uma cara diferente para esse segundo turno, e estaremos fortes para disputar de igual para igual e vencer - concluiu.

No ano, Gabriel disputou 32 jogos. Sem contar a Florida Cup, atuou em 30 partidas, e não perdeu em 74% delas. Em termos de desarmes, Gabriel é líder disparado do elenco na competição nacional. Ele, em média, desarma 2,4 vezes por jogo. Quando se fala em interceptações, o volante do Timão é vice-líder do elenco, com média de 1,6, atrás apenas de Fagner, com 1,8 por partida.

O Corinthians volta a campo na próxima segunda-feira, às 20h, para enfrentar o Goiás, pela 26ª rodada do Brasileirão-2020. Atualmente, o Alvinegro ocupa a nona posição na tabela, com 33 pontos, a oito da zona de Copa Libertadores.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários