Lance

Corinthians
Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Corinthians


O Corinthians venceu o São Paulo por 1 a 0, na Neo Química Arena , pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, com gol de Otero, na primeira etapa. Com o resultado, o Alvinegro pulou para a parte de cima na tabela, na nona colocação, com 33 pontos. Já o Tricolor segue na liderança, mas viu sua vantagem para o Atlético-MG cair de sete para quatro pontos. O São Paulo tem 50, enquanto o Galo está com 46.

As duas equipes voltam a campo pela 26ª rodada do Brasileirão. O São Paulo enfrenta o Atlético-MG , às 21h30, na próxima quarta-feira (16), no Morumbi, enquanto o Corinthians encara o Goiás, somente na próxima segunda-feira (21), às 20h, na Neo Química Arena. 

Você viu?

CORINTHIANS COMEÇA MELHOR E CRIA BOAS CHANCES
​O Alvinegro iniciou a partida contra o Tricolor não se intimidando e marcando bem as saídas de bola do rival. Aos cinco minutos, Ramiro recuperou boa bola no meio campo e lançou Léo Natel em velocidade, que ganhou na corrida de Bruno Alves e arriscou de fora da área, mas Volpi defendeu. Um minuto depois, Juanfran cruzou, mas Luciano foi travado por Fábio Santos.

Logo depois, aos oito, mais uma chance de Léo Natel. Ramiro lançou Fagner, que deu uma linda bola para Casares. O camisa dez colocou Léo Natel na cara de Tiago Volpi, que salvou o São Paulo mais uma vez na partida.

ALVINEGRO CONTINUA EM CIMA E ABRE O PLACAR
Depois das primeiras chances criadas, o jogo deu uma acalmada, com o Corinthians conseguindo anular o jogo do São Paulo e apostando nos contra-ataques. Aos 19, Léo Natel deu um lindo drible em Bruno Alves e cruzou rasteiro, mas Juanfran chegou na hora para afastar.

De tanto criar, o Timão aproveitou uma bobeira do Tricolor e abriu o marcador aos 24 minutos. Reinaldo tentou passe pelo meio e mandou no pé de Cantillo, que tabelou com Natel, recebeu de novo e enfiou uma linda bola para Otero, que saiu na cara do gol e bateu cruzado na saída de Tiago Volpi.

SÃO PAULO CRIA APÓS O GOL E CORINTHIANS ASSUSTA NA VELOCIDADE
Depois do gol sofrido, a equipe de Fernando Diniz acordou e começou a levar perigo ao gol de Cássio. Aos 26, Juanfran cruzou e Brenner, livre na área, cabeceou para fora. Três minutos depois, Gabriel Sara bateu falta na entrada da área e a bola passou raspando o travessão de Cássio.

Aos 38, o Corinthians voltou ao ataque. Casares tocou para Léo Natel, que dominou, arrancou e puxou para a perna direita. O chute passou raspando a trave de Tiago Volpi. Dois minutos depois, um lance que preocupa os são-paulinos. Após arrancada, Luciano sentiu a panturrilha e foi substituído. Ainda deu tempo de, aos 47 minutos, Sara bater falta e Cássio espalmar antes do intervalo do Majestoso.

CORINTHIANS PERDE GRANCE CHANCE NO COMEÇO DA SEGUNDA ETAPA
Perdendo a partida, o São Paulo veio com alterações. Tchê Tchê entrou na vaga de Bruno Alves e Igor Vinicius no lugar de Juanfran, buscando mais velocidade. Porém, a tônica da partida não mudou, com o Corinthians encaixotando o Tricolor, que não conseguia sair com a bola nos pés. No entanto, a primeira chance foi com o São Paulo, aos cinco minutos, mas Igor Gomes chutou fraco.

O Alvinegro teve a grande chance de ampliar aos 13 minutos. Arboleda saiu errado e entregou no pé de Casares, que colocou Ramiro na cara do gol. Porém, o meia bateu para fora, desperdiçando uma grande chance para os comandados de Vagner Mancini.

SÃO PAULO CRESCE E TENTA O EMPATE
Após a grande chance perdida pelo Corinthians, o São Paulo passou a atacar mais e fez uma boa pressão em Itaquera. Aos 20, Reinaldo mandou uma bomba direto para o gol em cobrança de falta, a bola desviou em Fagner na barreira e Cássio se esticou para salvar o Corinthians.

Em escanteio na sequência, Reinaldo tentou o voleio, mas foi travado. Logo depois, aos 23 minutos, Pablo recebeu, girou, mas a bola ficou nas mãos do goleiro do Corinthians. O Alvinegro chegou ao gol de Volpi com 25 minutos. Otero recebeu e tocou para Gustavo Silva, que ajeitou para o meio, mas bateu por cima da meta são-paulina.

VOLPI FALHA E CAMACHO PERDE GOL SEM GOLEIRO
Encaixotado, o São Paulo não conseguia sair na troca de passes, o que facilitava o roubo de bola corintiano. Em uma dessas saídas de bola, aos 30 minutos, Volpi saiu driblando, mas perdeu a bola na meia-lua para Cazares. A bola ficou com Camacho, que saiu com o gol aberto, mas foi travado na hora do chute.

TRICOLOR TENTA, MAS NÃO CONSEGUE O EMPATE
O São Paulo continuou tentando o empate. Aos 37 minutos, Vitor Bueno arriscou de fora da área, mas Cássio encaixou com segurança. Três minutos depois, Luan bateu para Volpi defender com tranquilidade. Com 43 minutos, Arboleda cabeceou após cobrança de escanteio e a bola passou raspando a trave da meta corintiana. Aos 48, Igor Vinicius cruzou e Bruno Méndez tirou na hora para selar a vitória do Alvinegro na Neo Química Arena.

FICHA-TÉCNICA
CORINTHIANS 1 X 0 SÃO PAULO
Data-Hora: 13-12-20 - 18h15
Estádio: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Miguel Caetano Ribeiro da Costa (SP) e Lucas Canetto Bellote (SP)
VAR: Jean Pierre Goncalves Lima (MG)
Gols: 1-0 Otero (24'/1ºT)
Cartões amarelos: Daniel Alves (São Paulo)
Cartões vermelhos:

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos; Gabriel e Cantillo (Camacho, aos 40'1ºT); Ramiro (Mateus Vital, aos 33'2ºT), Cazares (Luan, aos 33'2ºT) e Otero (Lucas Piton, aos 33'2ºT); Léo Natel (Gustavo Silva, aos 17'2ºT). Técnico: Vagner Mancini

SÃO PAULO
Tiago Volpi; Juanfran (Igor Vinícius, Intervalo), Arboleda, Bruno Alves (Tchê Tchê, Intervalo) e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Gabriel Sara e Igor Gomes (Hernanes, aos 33'2ºT); Luciano (Pablo, aos 43'1ºT) e Brenner (Vitor Bueno, aos 34'2ºT). Técnico: Fernando Diniz

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários