Lance

robson
reprodução
Robson está preso na Rússia desde março de 2019


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, através de suas redes sociais, que irá tentar a libertação de Robson, ex-motorista da família do volante Fernando, atualmente no Beijing Guoan. O funcionário está preso na Rússia por entrar com remédios que são proibidos no país, mas que tinham como destino o sogro do jogador que atuava no Spartak Moscou.

Bolsonaro disse que irá entrar em contato com o Ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e tentará fazer contato com Vladimir Putin para trazer Robson de volta ao Brasil. O funcionário está preso desde março de 2019 e por conta da aposentadoria da juíza que estava à frente do caso, o processo do motorista voltou à estaca zero. A pena pode ser de até 20 anos de prisão.

O presidente tomou conhecimento do caso graças a Felipe Melo, meio-campista do Palmeiras, que se solidarizou com o caso de Robson e tenta ajudar o brasileiro. O uso do medicamento pelo qual o ex-funcionário foi preso é permitido no Brasil e o Governo tentará um perdão da Rússia.


    Veja Também

      Mostrar mais