Pep Guardiola e José Mourinho
Divulgação
Pep Guardiola e José Mourinho

A decisão do Tribunal Arbitral do Esporte  sobre revogar a decisão que havia punido o Manchester City por violações ao Fair Play Financeiro causou muita polêmica na Inglaterra e um dos principais críticos foi o treinador do Tottenham , José Mourinho .

Na ocasião, ele foi duro nas declarações e chegou a apontar que a decisão era a desmoralização do Fair Play Financeiro: “Acho que este será o fim do Fair Play Financeiro, porque não faz sentido. Acho que o melhor é abrir a porta do circo e deixar todo mundo aproveitar, entrar de graça e sair de novo", disse.

A polêmica foi retomada essa semana, após o técnico responder sobre uma pergunta em relação a Messi, que já declarou que fica no Barcelona até o final do contrato , mas, segue com seu nome em muitas especulações, principalmente em relação ao Manchester City .

Questionado se o argentino poderia ter o Tottenham como destino, Mourinho deu uma leve cutacada no rival inglês, que foi colocado como favorito para receber o atacante e segue sendo o  provável destino após ele encerrar o contrato como o Barça .

"No Tottenham respeitamos o Fair Play Financeiro. Só se pode ir a uma equipe que não o respeita, por isso com certeza não é o Tottenham”, assegurou o português.

O treinador também respondeu sobre o documentário que a Amazon está veiculando sobre a última temporada da equipe e deixou claro que não gostou.

“Se você me perguntar se gostei, a resposta é não. Prefiro a privacidade e que nossa casa seja fechada para pessoas que não pertencem a nossa casa, mas as pessoas que amam futebol e esportes vão gostar porque mostra a realidade de um clube de futebol. A maioria das câmeras estão escondidas: nos escritórios, nas salas de reuniões, no campo de treinamento. O único momento em que vemos as câmeras é enquanto viajamos ou quando vamos para jogos fora de casa", revelou.

    Veja Também

      Mostrar mais