O apresentador André Rizek saiu em defesa de Nadine Basttos , sua nova colega de trabalho no Grupo Globo .

A comentarista de arbitragem se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter por conta de ter dado a mesma opinião que seu companheiro Sálvio Spínola em um lance polêmico na partida entre Palmeiras e Internacional, na noite da última quarta-feira .

Para Rizek, as críticas só podem ser encaradas como machismo.

"Hoje, acordo vendo um volume incomum de posts criticando/ofendendo a Nadine Bastos (nossa comentarista de arbitragem) por causa de uma opinião que ela deu ontem - a mesma de um homem, Salvio Spinola, mas ela que foi parar nos TTs", afirmou ele, completando: "Há quem chame esse tipo de coisa de “mimimi”. Mas eu prefiro continuar chamando do nome certo: machismo".

O apresentador ainda falou sobre a  igualdade de gêneros anunciada pela CBF. "Nas respostas ao meu post sobre o tema ontem, vários machos se mostraram ofendidos porque a CBF anunciou que vai remunerar homens e mulheres sem diferença de gênero em convocações, Copas do Mundo e premiações (proporcionais ao que a FIFA que paga)", disse.

Nadine participou da transmissão do Premiere e disse não ter visto pênalti no toque da bola na mão do zagueiro Luan, do Palmeiras.






    Veja Também

      Mostrar mais