Vampeta na capa da revista
Reprodução
Vampeta na capa da revista

A polêmica criada pelo deputado estadual bolsonarista, Douglas Garcia , que foi seguida de uma campanha nas redes sociais marcada pelo envio de milhares de fotos peladas do ex-jogador do Corinthians, Vampeta , ganhou mais um capítulo.

Leia também: Quanto Vampeta recebeu para posar nu? Relembre repercussão na época

Como divulgado em primeira mão pelo iG, no domingo, em resposta a uma manifestação autodenominada antifascista, que foi realizada em São Paulo por torcidas organizadas de clubes de futebol, o político solicitou aos seus seguidores em uma rede social que denunciassem “antifascistas” e provas reais de “eles são o que afirmam ser”. Para isso, disponibilizou o seu e-mail oficial da Assembleia Legislativa para que as pessoas pudessem anexar as provas.

Leia mais: Deputado pede denúncia e acaba bombardeado com fotos de Vampeta pelado

Em resposta, porém, internautas criaram uma campanha para bombardear o e-mail do parlamentar com fotos nuas do pentacampeão mundial Vampeta. Após o caso viralizar, Douglas voltou a rede social e comentou sobre o inusitado caso. “Para atrapalhar nas denúncias, mandaram fotos do Vampeta nu. Não faz meu tipo, sou palmiteiro”, afirmou.

O deputado ainda escreveu que segue recebendo denúncias contra “antifascistas”. “Até o momento recebi pelo menos mil perfis com dados e fotos dos criminosos (antifas) e, conforme meu último Tweet, mandei para a Embaixada dos EUA. Não vão poder visitar a Disney”, completou.

Ainda por meio da rede social, Garcia disse que não vai se intimidar com campanhas como essa que foi realizada com fotos do ex-jogador.

“Vocês pensam que me podem me fazer recuar e me calar diante de tudo isto. Senhores, o efeito foi exatamente o contrário. Grupos de extermínio a conservadores devem ser criminalizados e judicialmente extintos. Não me cansarei até botar cada antifa (vulgo fascista) na cadeia”, conclui ele, que é um dos investigados por uma possível participação no chamado “Gabinete do Ódio” na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), que produziria notícias falsas e memes com o objetivo de atacar ex-aliados e desafetos.

O deputado, aliás, também está entre os políticos que tiveram as informações vazadas por um perfil que se identifica como sendo do grupo de hackers Anonymous Brasil . Além de Douglas, o vazamento expôs informações sobre o presidente Jair Bolsonaro e de dois de seus filhos, o vereador Carlos Bolsonaro e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), além da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, e do ministro da Educação, Abraham Weintraub .

Vampeta Pelado

Vampeta quebrou um tabu no futebol ao ligar seu nome a uma revista gay. O atleta fez história em 1999 ao ser o primeiro jogador de destaque no futebol a posar para a Revista G Magazine.

Em um trecho do livro “Vampeta: memórias do Velho Vamp”, o ex-atleta contou os bastidores de sua decisão, considerada ousada para a época, e até o valor que recebeu pelo trabalho. “Disseram que um jogador de futebol jamais teria coragem para isso. Na mesma hora falei: 'Me dá 50, 80 mil reais que eu saio na hora'. Aí um cara que era dono, ou amigo do dono da revista pegou o talão de cheques e me deu. Peguei na hora, pois era três vezes mais do que eu ganhava por mês no Corinthians ”, contou.

    Veja Também

      Mostrar mais