Lance

Futebol paulista segue sem data para retorno
Luis Moura / WPP
Futebol paulista segue sem data para retorno

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou a prorrogação da quarentena por mais 15 dias no estado, em uma entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, no início da tarde desta quarta-feira (27), com flexibilizações progressivas, que serão feitas levando em conta as características de cada município.

Leia também: Atual campeão do mundo classifica de ‘incoerência’ volta do futebol

​O plano, denominado de 'retomada consciente', terá cinco fases. As regiões serão classificadas em fases de acordo com os critérios definidos pela secretaria estadual da Saúde e pelo Comitê de Contingência para Coronavírus.

Fase 1, vermelha : alerta máximo, funcionamento permitido somente aos serviços essenciais
Fase 2, laranja: controle, possibilidade de aberturas com restrições
Fase 3, amarela: abertura de um número maior de setores
Fase 4, verde: abertura de um número maior de setores em relação à fase 3
Fase 5, azul: "Normal controlado" - todos os setores em funcionamento, mas mantendo medidas de distanciamento e higiene.

A cidade de São Paulo se enquadra, neste momento, na fase 2, laranja, enquanto a Região Metropolitana e a Baixada Santista estão na fase 1, vermelha, considerada a mais crítica.

E o futebol, como fica?

As atividades esportivas ainda não tem uma data para retornar. Elas, inclusive, estão no final da lista do retorno das atividades pós-pandemia. Na imagem divulgada pelo Governo durante a coletiva, os eventos esportivos não aparecem autorizados em nenhuma das cinco fases.

Leia também: Após perder processo contra Benjamin Back, Neto é atacado na web

O certo é, que, mesmo com o retorno dos jogos eles serão realizados, num primeiro momento, sem a presença de público.

Vale lembrar que os grandes clubes do estado resolveram, em conjunto, testar seus jogadores e comissões técnicas no mesmo dia, juntamente com o retorno dos treinamentos. Os presidentes devem se reunir com o presidente da FPF, Reinaldo Carneiro Bastos, para a definição dos próximos passos.

O estado de São Paulo chegou a 6.423 mortes causadas pelo novo coronavírus, segundo boletim da Secretaria de Estado de Saúde divulgado nesta terça-feira (26). Foram confirmadas 203 mortes em 24 horas.

Há 86.017 pessoas com diagnóstico de Covid-19 no estado. Das 645 cidades de São Paulo, 511 têm pelo menos um caso confirmado e 244 ao menos um óbito causado pela doença.

    Veja Também

      Mostrar mais