Tamanho do texto

Conselheira do Palmeiras e presidente da Crefisa, patrocinadora do clube, Leila Pereira confiava em Alexandre Mattos há dois anos

Leila Pereira%2C conselheira do Palmeiras arrow-options
Twitter/Reprodução
Leila Pereira, conselheira do Palmeiras

Neste domingo, após a derrota diante do Flamengo dentro do Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro,  o Palmeiras demitiu o técnico Mano Menezes e o diretor de futebol Alexandre Mattos.

Leia também: Alexandre Mattos é demitido do Palmeiras. Galiotte sugere mudanças

Antes mesmo da confirmação oficial por parte do clube, a empresária Leila Pereira , dona da Crefisa , patrocinadora alviverde, colocou em suas redes sociais uma reportagem sobre a demissão do treinador.

Diante disso, o presidente Maurício Galiotte negou qualquer interferência de Leila, que também é conselheira do Palmeiras , nas demissões de Mano e Mattos.

"Ela oficializou de que maneira? A decisão ocorreu há 10 minutos. Conversamos com o Alexandre Mattos e Mano Menezes. De onde surgiu essa informação que foi compartilhada eu não sei. A decisão é sempre do presidente do clube. Crefisa e FAM chegaram em 2015 e são extremamente importantes para o clube, mas em nenhum momento o patrocinador faz solicitação de contratação ou saída. É importante deixar isso claro. As pessoas acabam transferindo responsabilidade", disse.

Leia também: Esposa de Dudu faz barraco com suposta amante do jogador no Allianz Parque

Há dois anos, em 2017, durante entrevista concedida ao jornalista André Henning, do Esporte Interativo , Leila Pereira disse que se Alexandre Mattos saísse do Palmeiras, ela poderia rever o investimento da Crefisa na contratação de jogadores.

Alexandre Mattos foi demitido do Palmeiras arrow-options
Site oficial
Alexandre Mattos foi demitido do Palmeiras

"Confio tanto na capacidade do Alexandre Mattos, que se ele sair do Palmeiras, eu vou rever esse investimento que eu faço na aquisição de novos atletas. Eu vou rever. Se eu aporto esses valores, é porque eu confio na pessoa que está à frente do futebol", disse Leila Pereira na ocasião.

André Henning, então, questiona: Se por acaso o Alexandre Mattos for embora, for afastado pelo clube, a Crefisa, de repente, não vai continuar contratando jogadores para o Palmeiras ?

"Exatamente, é isso mesmo", finalizou a empresária.

Assista abaixo ao vídeo com esse trecho da entrevista: