Juca Kfouri
RENATO PARADA/Divulgação
Juca Kfouri

A ESPN Brasil desligou oito jornalistas  de seu quadro de funcionários nesta quarta-feira (14). Entre eles, Juca Kfouri, que estava há 14 anos na emissora. Em entrevista ao iG, ele explicou sua saída.

Leia também: Trajano manda indireta para desafeto e fala em "morte definitiva" da ESPN

“Não renovamos o contrato, que vence no próximo dia 29", afirmou Juca Kfouri , que segue na rádio CBN e como colunista no portal UOL e na Folha de S. Paulo".

Além de Juca Kfouri, outros nomes de peso da ESPN foram demitidos. Entre eles o vice-presidente de jornalismo João Palomino e os comentaristas Rafael Oliveira, Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi.

Leia também: Juca Kfouri demitido da ESPN: relembre polêmicas do jornalista na emissora

Perguntado se teria algo a declarar sobre os outros desligamentos, Juca Kfouri afirmou não ter "nada a dizer, além de estar surpreso".

Carreira

Juca Kfouri foi chefe de reportagem e diretor de redação da revista ‘Placar’ nos anos 70 e 80. No início da década de 90, também foi diretor de redação da revista ‘Playboy’. Na TV, foi diretor de esportes da Tupi. Depois, passou por Record, SBT e Globo. Também teve passagem marcante no programa ‘Cartão Verde’, da TV Cultura e apresentou o ‘Bola na Rede’, na RedeTV.

Em jornais, escreveu para O Globo, Folha de S. Paulo (veículo em que ainda possui uma coluna) e Lance. Em rádio, faz participações na CBN.

Na ESPN, Juca Kfouri começou sua trajetória em 2005, como comentarista do programa “Linha de Passe”, no qual permanecia até os dias atuais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários