Tamanho do texto

No time desde 2018, Nenê já mantém conversas com o Fluminense e deve aceitar salários para se mudar para o Tricolor das Laranjeiras

nenê arrow-options
Divulgação
Nenê estava no São Paulo desde o início de 2018

Lance


Nenê assinou a rescisão de seu contrato com o São Paulo nesta sexta-feira (12), conforme publicou o Globoesporte.com . Com isso, o meia de 37 anos fica livre para concluir seu acordo com o Fluminense, que já está apalavrado.

Leia também:  Volpi vê São Paulo preparado e acredita em vitória contra o Palmeiras

Nenê e São Paulo romperam o vínculo que iria até dezembro deste ano de forma amigável e, com isso, o Tricolor vai economizar cerca de R$ 3 milhões.

O Fluminense fez algumas tentativas de contratar o jogador ao longo deste ano, mas não conseguia arcar com a totalidade de seus vencimentos e não conseguiu convencer o São Paulo a ajudar no pagamento. Agora livre no mercado, Nenê deve aceitar salários menores do que vinha recebendo para assinar contrato válido até o fim de 2020.

O armador não se juntou ao elenco são-paulino depois da pausa para a Copa América. Fora dos planos de Cuca, ele foi liberado dos treinos para negociar com outros clubes. Mesmo assim, utilizou as instalações do CT da Barra Funda algumas vezes para manter a forma.

Nenê chegou ao São Paulo no início de 2018 e foi bem em boa parte de sua primeira temporada pelo clube: jogou 55 vezes, um recorde em sua carreira, e marcou 12 gols. Neste ano, porém, participou de apenas 18 partidas e fez só um gol, contra o Eintracht Frankfurt, pela Florida Cup.

Leia também:  Ex-vascaíno cobre Cruz de Malta com tatuagem do Flamengo; veja fotos

Em jogos oficiais Nenê não balança as redes desde a primeira rodada do segundo turno do Brasileirão do ano passado, contra o Paraná.