Tamanho do texto

A "melhor decisão da carreira", como o próprio já declarou em diversas oportunidades, fez com que o zagueiro recuperasse o seu melhor futebol

Lance

Rodrigo Caio comemorando
Agência O Globo
Rodrigo Caio marcou o gol do Flamengo que eliminou o Corinthians da Copa do Brasil

A trajetória de Rodrigo Caio no São Paulo pode ser dividida em duas partes: o antes e o depois do fatídico confronto contra o Corinthians, pelo Paulistão de 2017. De candidato a ídolo, o zagueiro virou alvo da torcida pelo episódio "fair-play", que livrou Jô - autor do gol da eliminação são-paulina - da suspensão.

Leia também: Flamengo volta a vencer o Corinthians e avança às quartas da Copa do Brasil

Dois anos depois, Rodrigo Caio tem a sua redenção: gol marcado pelo Flamengo para eliminar o mesmo adversário alvinegro e, enfim, exorcizar rótulos. 

Naquela ocasião, após a arbitragem ter dado cartão amarelo a Jô por causa de um pisão em Renan Ribeiro, ele foi avisado pelo próprio defensor, verdadeiro autor do choque involuntário, de que a punição havia sido injusta.

Consequentemente, o árbitro voltou atrás na aplicação do cartão, que tiraria o centroavante das semifinais. Para infelicidade de Rodrigo, o atacante balançou as redes e foi decisivo para eliminar o São Paulo no segundo jogo.

Rodrigo Caio no São Paulo
Site oficial
Rodrigo Caio no São Paulo

Desde então, Rodrigo Caio ganhou esse rótulo e passou a ser perseguido. A torcida passou a pegar em demasia no pé do zagueiro, foi criticado pelo companheiro de zaga Maicon, que chegou a afirmar que acharia melhor "ver a mãe de um rival chorando por uma derrota" do que a dele.

Até Rogério Ceni, técnico do São Paulo à época, questionou o defensor, ironizando-o. O defensor admitiu que o episódio foi "o começo" de sua saída do clube e mostrou decepção com a diretoria, que, na sua visão, não o apoiou.

Dois anos depois, a redenção. Rodrigo Caio não tardou a se firmar no Flamengo, mas a eliminatória contra o Corinthians serviu para superar definitivamente o momento. Além do fervoroso embate contra Vagner Love no Maracanã, o gol que confirmou a classificação do rubro-negro às quartas de final da Copa do Brasil exorcizou para sempre o fantasma da semifinal do Campeonato Paulista.

Leia também: Gabigol revela contato e aprova Jorge Jesus no Fla: 'Todo mundo gosta dele'

A "melhor decisão da carreira", como o próprio já declarou em diversas oportunidades, fez com que o zagueiro recuperasse o seu melhor futebol. O técnico Marcelo Salles, do Flamengo, já declarou que "se não o melhor, é um dos melhores do Brasil". O Rubro-Negro ganhou um excelente zagueiro, e Rodrigo Caio mostra que o seu bom futebol não foi apenas uma fase. Em meio a rótulos, a ideia de referência defensiva soa mais correta. 

O bom momento no Flamengo pode ser confirmado no anúncio da escalação. O nome de Rodrigo Caio é sempre um dos mais aplaudidos pelos torcedores. Mesmo depois do supracitado erro de passe, continuou ouvindo elogios da arquibancada. A alegria estampada no rosto na comemoração do gol evidencia: o 16 de maio de 2017 está desfeito da carreira do jogador.