Tamanho do texto

Assim como o Palmeiras faz em 2019, outros clubes já causaram polêmica ao "peitar" a emissora carioca. Confira abaixo alguns casos:

A Globo é a maior emissora do país e goza de grande influência nos bastidores do futebol brasileiro. Com isso os clubes acabam se sujeitando aos desejos dos cariocas, mas houveram algumas exceções.

O caso mais recente é o do Palmeiras , que exige uma valorização da Globo , e até o momento não assinou contrato para a transmissão de suas partidas no Campeonato Brasileiro. Confira abaixo alguns outros casos bastante simbólicos de clubes que bateram de frente com a emissora.

Leia também: Perto de acordo com Globo, Palmeiras volta a passar no SporTV nesta quarta-feira

Vasco 

Vasco estampou o logo do SBT na camisa
Reprodução
Vasco estampou o logo do SBT na camisa para provocar a Globo

Revoltado com a cobertura da Globo sobre a queda do alambrado no estádio São Januário, o ex-presidente do Vasco , Eurico Miranda , decidiu se vingar da emissora e estampou o símbolo do SBT na camisa dos jogadores na final da Copa João Havelange de 2000 , contra o São Caetano. A Globo transmitiu a partida e foi obrigada a fazer uma "propaganda" para sua concorrente.

Athletico-PR

Athletico x Maringá
Reprodução / Maringá
Athletico não mandou gols para a Globo

Na semifinal do Campeonato Paranaense de 2018, o Athletico , que não assinou com a emissora para a transmissão do Estadual, barrou a entrada de equipes de TV na semifinal contra o Maringá e sequer mandou os gols da vitória por 5 a 0 para a Globo, que gostaria de exibi-los no Fantástico. Antes disso, na final do segundo turno contra o Londrina, o clube enviou um compacto para emissora, mas apenas com os "piores momentos" do jogo.

Coritiba

atletico x coritiba no youtube
Reprodução / YouTube
Transmissão do clássico foi feita no Youtube

No ano anterior, em 2017, o Coritiba se juntou ao rival Athletico e não assinou com a Globo para a tranmissão de jogos do Campeonato Paranaense. Por conta disso, a final do Estadual foi transmitida via Youtube e Facebook pelos clubes, e os gols não foram compartilhados com a emissora .

Leia também: Sidão desabafa após receber "prêmio" da TV Globo: "Constrangimento generalizado"

Santos

Torcida do Santos protestou contra a Globo
Reprodução
Torcida do Santos protestou contra a Globo

O Santos foi eliminado pelo Flamengo na Copa do Brasil de 2017 e acusou o repórter Eric Faria de interferência externa na arbitragem em um lance onde o árbitro do jogo, Leandro Pedro Vuaden, anulou um pênalti de Réver em Bruno Henrique. O clube paulista chegou a pedir a anulação da partida, mas depois reconheceu que o jornalista não interferiu.

Cruzeiro

cruzeiro x atlético-mg
Reprodução / Atlético-MG
Cruzeiro bateu de frente com a Globo em 2015

Em 2015, a semifinal do Campeonato Mineiro entre Cruzeiro e Atlético-MG teve uma polêmica sobre a data em que seriam realizados os clássicos. A diretoria cruzeirense queria jogar no sábado, visando um jogo pela Libertadores no meio de semana, mas o Galo não concordou. A Globo então decidiu manter a partida no domingo, decisão que desagradou o Cruzeiro, que entrou na Justiça do Trabalho para alterar a data da final, mas voltou a ter seu desejo negado.

Leia também: Maiores prejudicados, torcedores do Palmeiras apoiam o clube em rixa com a Globo

Palmeiras

Mauricio Galiotte
Divulgação/Palmeiras
Maurício Galiotte, presidente do Palmeiras, se manteve firme contra Globo

Por fim, o caso mais recente de um clube batendo de frente com a Globo . Insatisfeito com a diferença da proposta da emissora em relação aos valores pagos para Corinthians e Flamengo, além da multa imposta por ter assinado com o Esporte Interativo , a diretoria do Verdão não assinou o contrato para a transmissão de suas partidas no Brasileirão . A decisão contou inclusive com o apoio dos torcedores.

    Leia tudo sobre: Futebol