Tamanho do texto

Do Flamengo em 2009 até o Palmeiras de 2018, você lembra de todos?

Todo início de Campeonato Brasileiro bate uma nostalgia no torcedor. Quem nunca assistiu ao vídeo com a trajetória do seu time quando ele foi campeão? Ou que pesquisou os maiores artilheiros, maiores campeões, e números das edições passadas?

Pensando nisso, o IG Esporte separou os dez últimos campeões do Brasileirão com destaque para o elenco, gols marcados, curiosidades e artilheiros. Confira abaixo:

Flamengo - 2009

flamengo 2009
Reprodução
Em 2009, o Flamengo conquistou o hexacampeonato do Brasileirão

Faz dez anos que o Flamengo conquistou seu sexto título do Campeonato Brasileiro. Em uma edição que teve Adriano Imperador como artilheiro (19 gols marcados ao lado de Diego Tardelli, do Atlético Mineiro), o time do Rio superou o Internacional por apenas dois pontos de diferença na tabela: 67 a 65.

Comandado por Cuca (até julho) e posteriormente por Jorge Luís Andrade, durante os 38 jogos o Flamengo venceu 19 partidas, empatou 10 e perdeu nove. Marcou 58 gols e levou 44, tendo um aproveitamento de 59%.

Além do título e da artilharia do Brasileirão, o Flamengo também foi dono de seis dos dez melhores públicos. Em partida contra o Grêmio, no dia 06 de dezembro, 78.639 pessoas compareceram ao Maracanã, a maior média do ano.

Elenco Titular : Bruno; Álvaro e Angelim; Léo Moura e Juan; Maldonado, Airton, Willians e Petkovic; Zé Roberto e Adriano.

Fluminense - 2010

fluminense 2010
Reprodução
Fluminense venceu o 3º título do Brasileirão em 2010

O terceiro título do Fluminense veio no início da última década. Com o brilhantismo de Darío Conca, eleito o melhor jogador pela CBF, o Tricoloar das Laranjeiras superou o Cruzeiro por dois pontos de diferença na tabela: 71 a 69.

Em comparação ao rival carioca, o Fluminense teve um aproveitamento melhor em 2010. Foram 20 vitórias, 11 empates e sete derrotas em 38 partidas. Ao todo foram 62 gols marcados e 36 sofridos, a melhor defesa do campeonato (aproveitamento de 62%).

O artilheiro da edição foi o atacante Jonas, do Grêmio, com 23 gols marcados. O Fluminense de Muricy Ramalho teve o segundo maior público do ano levando 57.454 pessoas ao Maracanã para assistir a vitória por 3 a 0 contra o Internacional, no dia 15 de agosto.

Elenco Titular: Rafael; Gum, Digão e Cássico; Mariano, Diguinho, Conca, Marquinho e Júlio César; Willians e André Lima.

Corinthians - 2011

corinthians 2011
Reprodução
Corinthians foi campeão em 2011

O Corinthians conquistou o pentacampeonato em 2011 superando o Vasco, vice-campeão, pela pontuação de 71 a 69. Na edição, Borges (Santos) foi o artilheiro da competição marcando 23 gols.

Comandado por Tite, o Corinthians manteve o mesmo aproveitamento que o Fluminense campeão de 2010 (62%). Foram 21 vitórias, oito empates e nove derrotas. Ao todo a equipe paulista marcou 53 gols e tomou 36.

Mesmo não tendo nem o artilheiro e nem o maior público do ano, o Corinthians manteve a maior média de público com 29.328 torcedores por jogo.

Elenco titular: Cássio; Alessandro, Chicão, Fábio Santos, Leandro Castán; Ralf, Paulinho, Danilo e Alex; Emerson Sheik e Jorge Henrique.

Fluminense - 2012

fluminense 2012
Reprodução
Fluminense foi campeão em 2012 do Brasileirão

O Fluminense conquistou o quarto título do Brasileirão em sua história uma edição após o título de 2010. A equipe teve o artilheiro do campeonato. Fred marcou 20 gols e ajudou o Tricolor a ter um aproveitamento de 67%.

Sob o comando de Abel Braga nos 38 jogos a equipe conseguiu 22 vitórias, 11 empates e cinco derrotas. Foram 61 gols marcados e apenas 33 sofridos empatando com o Grêmio como a melhor defesa do ano.

A equipe ainda teve Thiago Neves como o terceiro maior ‘garçom’ do campeonato com oito assistências. O líder foi Ronaldinho Gaúcho, com 13 assistências pelo Atlético Mineiro.

Elenco Titular : Cavalieri; Bruno, Euzébio, Digão e Carlinhos; Edinho, Jean e Wagner; Rhayner, Nem e Fred.

Cruzeiro - 2013

cruzeiro em 2013
Reprodução
Cruzeiro foi campeão do Brasileirão em 2013 e 2014

A Raposa conquistou seu terceiro título tendo o melhor ataque (77 gols), o melhor jogador (Éverton Ribeiro) e o melhor treinador do ano (Marcelo Oliveira). Com 76 pontos, a equipe mineira superou o Grêmio que terminou o Brasileirão com 65.

Num aproveitamento de 67%, o Cruzeiro venceu 23 jogos, empatou sete e perdeu oito. O líder de assistências do campeonato foi Éverton Ribeiro com 11. Os campeões tiveram a melhor média de público levando 28.911 torcedores ao Mineirão.

Cruzeiro 2014

No ano da Copa do Mundo no Brasil, o Cruzeiro conquistou uma marca bastante expressiva com o bicampeonato do Brasileirão . De novo com a ajuda de Éverton Ribeiro (craque do ano) e de Marcelo Oliveira (treinador), a equipe superou o São Paulo por 80 a 70 pontos.

Com o melhor aproveitamento em quatro anos (70%), a equipe mineira venceu 24 jogos, empatou oito e perdeu seis, marcando 67 gols e sofrendo 38. O líder em assistências novamente foi Éverton Ribeiro (11) e o maior público do ano foi São Paulo 2 a 0 Cruzeiro, no Morumbi, no dia 14 de setembro com 58.627 torcedores presentes.

Corinthians 2015

corinthians 2015
Reprodução
Corinthians foi campeão do Brasileirão em 2015

Em 2015, o Corinthians voltou a conquistar o título brasileiro. O sexto título da história do Timão foi conquistado de forma imponente. Desbancando o Atlético-MG, o time comandado por Tite foi campeão com três rodadas de antecedência e atingiu a marca de 81 pontos conquistados, 13 a mais do que o vice-campeão.

Ao longo do campeonato, o Corinthians venceu 24 partidas, empatou 9 e saiu derrotado em apenas 5 ocasiões. O bom desempenho resultou em um aproveitamento de 71%. A equipe da Zona Leste também teve o melhor ataque, 71 gols marcados, e melhor defesa, 31 gols sofridos, da competição. Entretanto, a artilharia do Brasileirão ficou com Ricardo Oliveira (Santos), que marcou 20 gols.

Time titular : Cássio; Fágner, Felipe, Gil e Uendel; Bruno Henrique, Elias, Jadson, Renato Augusto e Malcom; Vagner Love.

Palmeiras 2016

palmeiras em 2016
Reprodução
Palmeiras foi campeão em 2016

No ano seguinte, foi a vez de outro clube paulista conquistar o Brasileirão. Sob o comando de Cuca, o Palmeiras superou o Santos por nove pontos (80 contra 71) e conquistou o nono título de sua história. A campanha da equipe foi regular ao longo do campeonato: foram 24 vitórias, 8 empates e 6 derrotas nos 38 jogos disputados.

Ao lado do Athletico Paranaense, o time da Barra Funda teve a melhor defesa do campeonato, com apenas 32 gols sofridos. Além disso, o Palmeiras foi o melhor ataque do torneio, marcando 62 gols. Apesar do bom rendimento, a artilharia do campeonato ficou divida entre William Pottker (Ponte Preta), Diego Souza (Sport) e Fred (Atlético-MG), com 14 gols cada.

Time titular: Jailson; Jean, Victor Hugo, Mina e Zé Roberto; Moisés, Tchê Tchê e Thiago Santos; Roger Guedes, Gabriel Jesus e Dudu

Corinthians 2017

corinthians em 2017
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Corinthians venceu o Brasileirão em 2017

Em 2017, o Corinthians voltou a ser soberano e conquistou o sétimo Brasileirão de sua história. A equipe do Parque São Jorge fez história ao terminar o primeiro turno invicta, feito inédito no futebol brasileiro. Sob o comando do novato Fábio Carille, o Timão conquistou 72 pontos, 9 a mais do que o vice-campeão Palmeiras.

Ao todo, foram 21 vitórias, 9 empates e 8 derrotas nos 38 jogos, o que rendeu ao Corinthians um aproveitamento de 63%. Com apenas 50 gols, a equipe foi apenas o quarto melhor ataque do campeonato. Em contrapartida, a defesa foi a melhor do torneio, tomando apenas 30 gols. Jô (Corinthians) e Henrique Dourado (Fluminense) foram os artilheiros do torneio, com 18 gols cada.

Time titular: Cássio; Fágner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon e Rodriguinho; Jadson, Romero e Jô

Palmeiras 2018

palmeiras campeão brasileiro de 2018
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
Palmeiras foi o último campeão do Brasileirão

O atual campeão brasileiro também é de São Paulo. Ao desbancar o Flamengo por 8 pontos, o Palmeiras conquistou o décimo título nacional de sua história. Sob o comando de Felipão, a equipe viveu uma rápida ascensão, desbancando os demais favoritos. Em 38 jogos, foram 23 vitórias, 11 empates e 4 derrotas, que levaram a equipe aos 80 pontos, com aproveitamento de 70%.

Com 64 gols marcados e 26 sofridos, o Palmeiras também foi o melhor ataque e a melhor defesa da última edição do campeonato. A artilharia da edição foi de Gabriel Barbosa – o Gabigol -, que marcou 18 gols pelo Santos, décimo colocado da competição.

Leia também:  Em votação, Rogério Ceni é eleito o melhor jogador que já atuou no Brasileirão

Time titular do Brasileirão 2018: Weverton; Mayke, Antonio Carlos, Edu Dracena e Victor Luís; Bruno Henrique, Felipe Melo e Lucas Lima; Willian, Dudu e Deyverson