Tamanho do texto

Por atraso no pagamento relativo a Lucas Pratto, São Paulo pode acionar o River Plate na Justiça.

Lucas Pratto comemorando pelo River Plate
Twitter/Reprodução
Atraso no pagamento por Pratto pode fazer São Paulo acionar River Plate na Justiça

O São Paulo estuda a possibilidade de acionar o River Plate na justiça. O motivo seria o atraso, por parte do clube argentino, no pagamento de uma das parcelas referentes à venda do atacante Lucas Pratto. A transferência do centroavante foi confirmada em janeiro de 2018, pelo valor de R$ 44,4 milhões, dos quais o São Paulo terá acesso a aproximadamente R$ 32 milhões.

Leia também: Guilherme Arana canta versão homofóbica do hino do São Paulo em vídeo; assista

Os argentinos teriam atrasado o pagamento da parcela de 1 milhão de euros (R$ 4,3 milhões) em dez dias. Para evitar um processo na Justiça, os departamentos jurídicos das equipes estão em negociação. Além do pagamento que iniciou a polêmica, o River deve pagar uma última parcela de 1 milhão de euros ao São Paulo

Além dos R$ 44 milhões, o tricolor havia estipulado na venda de Pratto uma cláusula  que condicionava metas. Ou seja, para cada título que o argentino conquistasse com a camisa do River Plate , o São Paulo receberia uma quantia. Pela conquista da Libertadores 2018, o time do morumbi chegou a lucrar mais de 1 milhão de euros. 

Visualizar esta foto no Instagram.

Historia de nuevo ....

Uma publicação compartilhada por Lucas Pratto (@prattolucas_ok) em

Leia também: Briga entre são-paulinos e corintianos na Grande SP deixa ao menos 14 feridos 

Em sua passagem pelo  São Paulo , Pratto foi um dos destaques. Em meio a um time perdido taticamente e ameaçado de rebaixamento, o argentino surgiu como líder do elenco. Ao lado de Hernanes, o atacante foi o grande responsável pela melhora da equipe. Em números, Pratto marcou 7 gols e deu 5 assistências nos 37 jogos que fez pelo tricolor.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.