Tamanho do texto

O ex-jogador do Corinthians provocou os rivais antes do segundo jogo da final do Campeonato Paulista, que acontece no próximo domingo (21)

Guilherme Arana fez cantos homofóbicos em vídeo
Reprodução
Guilherme Arana fez cantos homofóbicos nas redes sociais

O lateral-esquerdo Guilherme Arana, ex-Corinthians e atualmente no Sevilla, da Espanha, fez uma transmissão ao vivo em seu Instagram junto com amigos, e cantou uma versão homofóbica do hino do São Paulo para provocar os rivais.

A provocação de Guilherme Arana acontece na semana de um clássico importante.  Corinthians e São Paulo se enfrentam no próximo domingo (21), às 16h, em Itaquera, pelo segundo jogo da final do Campeonato Paulista.

Leia também: Briga entre são-paulinos e corintianos na Grande SP deixa ao menos 14 feridos

No vídeo, além do ato de homofobia contra os tricolores, Guilherme Arana também provoca o  Palmeiras dizendo que o clube não ganha o "Paulistinha" desde 2008.

Após a repercussão do fato, Guilherme Arana se desculpou pelo vídeo gravado e pediu que o clássico de domingo seja uma "grande festa e com muita paz".



    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.