Tamanho do texto

O brasileiro Marcelo, que defende o Lyon, lidera ranking de aproveitamento, superando estrelas como Van Dijk e Mats Hummels

 Marcelo em ação durante jogo do Lyon
Reprodução
Marcelo é o zagueiro com melhor aproveitamento no jogo aéreo nas 5 grandes ligas

Um estudo divulgado pelo  CIES Football Observatory rankeou os zagueiros com melhor desempenho nas bolas aéreas defensivas. Os números da lista colocam grandes zagueiros, como Van Dijk e Hummels, nas primeiras posições. Porém, a liderança do ranking das cinco grandes ligas acabou ficando com um brasileiro. Aos 31 anos, Marcelo Guedes, do Lyon, é o jogador que encabeça a lista.

Segundo o estudo, o aproveitamento do brasileiro nas bolas aéreas é de 85,5%, tendo vencido 136 dos 159 duelos que disputou. Logo atrás dele, está o inglês Maguire, que defende o Leicester City, com um aproveitamento de 85,3%. Van Dijk completa o pódio com 84,1% das disputas vencidas. 

Leia também: Cristiano Ronaldo ou Messi? Revista francesa estampa beijo na boca entre craques 

Levando em conta apenas os dados das cinco grandes ligas, temos outro brasileiro no top 5: Pablo. Atualmente no Bordeaux, o ex-jogador do Corinthians aparece com um aproveitamento de 82,9%. Os números de Pablo são superiores aos de Hummels (80,5%), Varane (78,8%) e Sergio Ramos (77%).

No ranking que engloba as outras 26 ligas estudadas, a liderança pertence ao escocês Christophe Berra, que possui um aproveitamento de 86,9%. O segundo lugar pertence a outro brasileiro: Felipe. O ex- zagueiro do Corinthinas, que já foi convocado para a Seleção, possui o mesmo aproveitamento do compatriota Marcelo.

Leia também: Pai de Neymar volta a negar saída do craque: "Ele não quer deixar o PSG" 

Visualizar esta foto no Instagram.

Training this morning ❤️ Photo @ck____90 😉

Uma publicação compartilhada por Marcelo Guedes (@marceloguedesfilho) em

Revelado pelo Santos, Marcelo já passou por diversas equipes ao longo de sua carreira. Dentre os times que defendeu, estão o PSV (Holanda), o Hannover (Alemanha), o Besiktas (Turquia) e o Wisla Cracóvia (Polônia). Apesar das boas temporadas, o brasileiro nunca recebeu uma chance na Seleção.


    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.