Tamanho do texto

Dona da Crefisa, a patrocinadora do clube, e também conselheira alviverde, Leila falou sobre os planos ambiciosos para o futuro

Leila Pereira com a camisa do Palmeiras
Twitter/Reprodução
Leila Pereira, conselheira do Palmeiras

A empresária Leila Pereira , dona do grupo Crefisa/FAM, que patrocina o Palmeiras, além de ser conselheira alviverde, deu uma entrevista demonstrando que os planos do clube paulista para o futuro são ambiciosos. 

Leia também: Próximo de 100 jogos, Bruno Henrique comemora: "motivo de orgulho"

Em conversa com o "Yahoo!", Leila disse que enxerga o Palmeiras  no top 10 dos clubes mundiais em apenas 10 anos.

"Hoje, em matéria de patrocínio de camisa, estamos entre os cinco maiores patrocínios do mundo. É um orgulho muito grande para mim, que é uma coisa que eu consigo proporcionar ao nosso clube, que essa alegria, essa honra para nossos milhões de torcedores", contou.

"O trabalho é esse, de daqui a 10 anos o Palmeiras ser um expoente internacional. É para isso que estamos trabalhando. É para isso que o presidente luta pelo profissionalismo", complementou Leila Pereira.

Leia também: Deyverson convida mulher que pedia dinheiro para jantar em restaurante

A empresária deixou claro que tem um projeto no Palmeiras e que ele será implementado em curto, médio e longo prazo. "Vejo o Palmeiras em um patamar, entre os 10 maiores do mundo, em 10 anos. Estamos preparando isso agora para o futuro. Me sinto muito orgulhosa de estar participando desse momento mais do que especial do nosso Palmeiras", falou.

Leila Pereira dando entrevista no Palmeiras
Divulgação
Leila Pereira é conselheira e patrocinadora do Palmeiras

"Não estou dizendo que o Palmeiras possa competir financeiramente com esses valores de contratação com Barcelona, Real Madrid. Estou dizendo entre os 10 maiores. Isso já seria uma grande vitória. Mas primeiramente queremos nos destacar aqui no Brasil, como já temos nos destacando, e pelas Américas. Aí vamos conquistando aos poucos o mundo", continuou.

Para a dona da Crefisa , não existe a necessidade de um treinador europeu para que o clube atinja o patamar desejado no intervalo de uma década. 

"Nós já temos um dos melhores técnicos do mundo. O currículo do Felipão confirma o que eu digo. Não penso em outro técnico. Esse trabalho temos que pensar agora. No futuro, não sei. Hoje estamos felizes com ele, que é um dos melhores técnicos do mundo. Gostaria que Felipão ficasse com a gente por muitos e muitos anos", finalizou.

Palmeiras entre os ricos

De acordo com o estudo realizado pela "Football Money League", da Deloitte, o Palmeiras é o 29º colocado entre os times mais ricos do mundo - o faturamento do clube no ano passado foi de 158,76 milhões de euros.

Leia também: Palmeiras reclama do VAR e presidente do TJD dispara: "Tem que parar de chorar"

Com essa quantia, o alviverde ficariam à frente do Brighton, da Inglaterra (157,4 milhões de euros) e logo atrás do Lyon, da França (164,2 milhões). Para entrar no top 10, como Leila deseja, o Palmeiras precisaria de um faturamento superior ao do Tottenham, 10º colocado: 428,3 milhões de euros.

    Leia tudo sobre: Futebol