Tamanho do texto

Atacante é o artilheiro do Corinthians na temporada 2019 depois de ajudar o Fortaleza a ser campeão da Série B do Brasileiro em 2018

Gustagol, artilheiro do Corinthians em 2019
Twitter/Reprodução
Gustagol, artilheiro do Corinthians em 2019

O centroavante Gustavo, o "Gustagol", vive uma grande em sua carreira. No ano passado, comandado pelo técnico Rogério Ceni, foi artilheiro da temporada com a camisa do Fortaleza e ajudou a levar o time à elite do futebol nacional, sendo campeão da Série B.

Leia também: Artilheiro do Paulistão, santista Jean Mota sonha com a seleção brasileira

Gustagol , atualmente, faz a alegria da torcida do Corinthians e é peça-chave no elenco do técnico Fábio Carille, com boas atuações e gols. A equipe vive uma outra realidade que o mesmo técnico deixou quando foi embora do clube, em 2017.

Em conversa exclusica com o iG, o centroavante  de 24 anos de idade falou da sua gratidão ao clube cearense. "Graças a Deus tivemos uma ótima temporada em 2018, sob comando do Rogério Ceni e conquistamos o Brasileiro da Série B. Tive a oportunidade em ser artilheiro do Brasil", comentou o atacante.

Leia também: Com números de 2018, Palmeiras registra a maior arrecadação de sua história

"Agora no Corinthians também tenho apoio do Fábio Carille, isso me ajuda dentro de campo e espero contribuir com o clube, mantendo essa boa fase", completou.

Sobre ser um centroavante de área, ele destacou suas características. "O cabeceio sempre foi o meu diferencial. É claro que com o Rogério Ceni no Fortaleza e com o Fábio Carille no Corinthians procuro aperfeiçoar outras funções. Mas o cabeceio continua sendo meu principal fundamento, acredito que minha altura ajuda" comentou.

Gustavo falou também sobre especulações de possível transferência. "Meu foco é o Corinthians, quero conquistar títulos pelo clube e levar alegria ao torcedor, que me recebeu de braços abertos, então quero aqui provar meu potencial e consequentemente cravar meu nome no clube", disse.

Leia também: Desde 2016 no Cruzeiro, Mano Menezes recebe homenagem pelos 200 jogos

E seleção brasileira? "Sabemos que seleção é sonho de todo jogador, procuro dia a dia trabalhar ao máximo, me esforço para quem sabe um dia ser convocado, e representar bem a camisa do meu país", finalizou.

Gustavo Henrique da Silva Sousa, o Gustagol , foi revelado no Criciúma e já atuou em outros clubes do futebol brasileiro além de Corinthians e Fortaleza, como Resende, Tubarão, Nacional, Bahia e Goiás, sempre emprestado.

    Leia tudo sobre: Futebol