Jhonata Ventura foi um dos feridos no incêndio do CT do Flamengo, que matou 10 jovens atletas da base
Arquivo pessoal
Jhonata Ventura foi um dos feridos no incêndio do CT do Flamengo, que matou 10 jovens atletas da base

Neste domingo (03), o único jogador sobrevivente do incêndio no Centro de Treinamentos do Flamengo, que aconteceu no início de fevereiro, Jonatha Ventura, foi transferido de hospital.

Leia também:  Luxemburgo critica Eduardo Bolsonaro: "um ser humano não pensa assim"

De acordo com o diretor de comunicação do time carioca, Bernardo Monteiro, o jovem de 15 anos saiu do Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Hospital Municipal Pedro II e foi transferido para o Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, onde duas outras vítimas do incêndio tinham sido internadas.

Jonatha teve 30% do corpo queimado durante o acidente que vitimou 10 atletas da categoria de base. Além dele, Cauan Emanuel e Francisco Diogo também ficaram internados no Vitória, mas receberam alta na primeira quinzena de fevereiro e estão em casa.

As queimaduras do jogador ficaram concentradas na região do ombro, pescoço e dorso. Desde o dia 08 de fevereiro internado, Jonatha  já se alimenta sozinho, não precisa de ajuda para respirar e está fazendo fisioterapia, com caminhadas pelo hospital.

Você viu?

Leia também: IFAB anuncia mudanças em algumas regras no futebol mundial; saiba quais

No comunicado divulgado pelo Pedro II na alta do jogador, está especificado que ele passou por uma antibióticoterapia durante 14 dias e apresenta ‘bom estado clínico’. Algumas queimaduras na mão e membro superior estão com cicatrização mais lenta. Leia o texto publicado:

Vítima do incêndio no Ninho do Urubu, Jonatha Ventura entre os médicos do Hospital Pedro II
Divulgação
Vítima do incêndio no Ninho do Urubu, Jonatha Ventura entre os médicos do Hospital Pedro II

"O paciente Jhonata Cruz Ventura encontra-se em bom estado clínico. Com previsão de uso antibióticoterapia por 14 dias. Apresenta lesões cicatrizadas em face, região cervical, dorso, membro superior esquerdo.

Deverá permanecer a realização de curativos em membro superior e na mão direita que tem a região mais acometida e apresenta lenta cicatrização. Encontra-se fora de perigo, e de alta do CTI Queimados para a UI Queimados. Como não possuímos vaga neste momento na UI Queimados, a familia e o Flamengo optaram pela transferência para o Hospital Vitória para manutenção do curativos em membro superior direito e na mão".

Desde o dia do incêndio no Ninho do Urubu, o Flamengo tenta acertar com as famílias um valor de indenização. De acordo com informações do GloboEsporte.com, uma das famílias aceitou um valor (que não foi divulgado), as outras nove seguem em negociação.

No último dia 27 de fevereiro,  a prefeitura do Rio de Janeiro interditou o Ninho do Urubu e o Flamengo está treinando na sede social da Gávea. Na terça-feira (05), 27 dias após o incêndio , o time rubro-negro estreia na Libertadores contra o San José.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários