Tamanho do texto

O treinador de 55 anos foi anunciado nesta quarta-feira (13) como técnico do São Paulo, mas só deve assumir a equipe em abril por recomendação médica

Cuca treinou o São Paulo em 2004
Reprodução
Cuca treinou o São Paulo em 2004

Anunciado como novo técnico do São Paulo na tarde de ontem , Cuca falou pela primeira vez sobre voltar ao clube que treinou em 2004. A entrevista foi concedida ao site oficial da equipe paulista e mostra o entusiasmo do treinador em retornar ao SPFC.

“Estou muito feliz por voltar ao São Paulo depois de 15 anos, esperançoso de poder ajudar o clube novamente, como fiz em 2004. Minha vontade era de me apresentar agora, mas ainda não fui liberado pelo meu médico e terei de continuar com o tratamento aqui em Curitiba”, disse Cuca .

O treinador de 55 anos passou por uma cirurgia cardíaca no fim do ano passado e permanece afastado até então das atividades envolvendo o futebol. De volta ao Brasil há dois anos, Cuca treinou dois rivais do São Paulo nesse tempo, Palmeiras em 2016 e Santos em 2018.

“Tenho um carinho muito grande pelo São Paulo, desde 2004. Agradeço a todos, e especialmente à diretoria são-paulina, pela compreensão e também pela decisão de esperar pela minha plena recuperação. Chegarei com toda a força para ajudar o clube a cumprir com todos os objetivos”, lembrou o treinador.

Em sua primeira passagem pelo Tricolor, em 2004, Cuca comandou o time em 51 jogos: 30 vitórias, oito empates e 13 derrotas (64,05% de aproveitamento).

Cuca assume o comando do São Paulo ao final do Campeonato Paulista, em abril. Nesse tempo, o atual coordenador técnico , Vagner Mancini, assumirá a equipe de forma interina. Sobre a questão, Cuca deixou sua opinião.

Leia também:  Talleres dá exemplo, limpa vestiário no Morumbi e deixa recado para o SPFC

Técnico interino até Cuca assumir, Mancini comandou o treino desta quarta-feira (14)
são paulo fc. net
Técnico interino até Cuca assumir, Mancini comandou o treino desta quarta-feira (14)

“Quero agradecer ao Mancini, porque todos sabemos que ele chegou ao São Paulo para exercer outra função, de coordenador, e ele só está assumindo o time de forma interina pelo nosso bem, especialmente pelo bem do São Paulo ”, exaltou o técnico, que ainda elogiou o ex-parceiro de profissão.

“Eu já tinha uma admiração grande por ele, e agora essa atitude só reforça o meu apreço. Estou muito feliz por esse desfecho e desejo ao Mancini e aos atletas toda a sorte do mundo no clássico contra o Corinthians no domingo. Estarei na torcida”, encerrou Cuca.

Após a eliminação na segunda fase da Libertadores da América, na última quarta-feira (13), o elenco do São Paulo se reapresentou ontem sob o comando de Mancini. Os jogadores que atuaram contra o Talleres fizeram apenas exercícios regenerativos, enquanto o restante participou de um treino no campo.

Leia também: Mercadão alternativo 2019 - Veja as contratações mais aleatórias do ano

No domingo e ainda sem Cuca o São Paulo enfrenta o Corinthians em Itaquera, as 19h. O Tricolor paulista é líder do Grupo D com nove pontos, mesma pontuação do Oeste.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas