Tamanho do texto

O incêndio atingiu o alojamento das categorias sub-15 e sub-17; Samuel Barbosa, de 16 anos, conseguiu acordar amigo antes de correr

Samuel Barbosa, de 16 anos, conseguiu chamar um amigo antes de correr do incêndio no CT do Flamengo
Reprodução/ Twitter
Samuel Barbosa, de 16 anos, conseguiu chamar um amigo antes de correr do incêndio no CT do Flamengo

incêndio que atingiu o Centro de Treinamento do Flamengo na madrugada nesta sexta-feira (08) vitimou 10 pessoas, entre elas seis jogadores da categoria de base e quatro funcionários da equipe.

Alguns atletas conseguiram se salvar do  incêndio  e postaram seus depoimentos nas redes sociais. Samuel Barbosa, de 16 anos, publicou no Twitter oficial agradecendo a Deus por ter se salvado e pedindo para que os amigos conseguissem sair do local.

Segundo o pai de Samuel, Washington Luiz, o garoto acordou com o cheiro de fumaça e conseguiu chamar mais um amigo antes de sair correndo. O colega de alojamento foi hospitalizado.

Leia também:  Semifinal da Taça Guanabara entre Flamengo e Fluminense deve ser adiado

Felipe, outro atleta do Flamengo , publicou em seu Twitter oficial que o incêndio começou no seu quarto e que ele conseguiu acordar e fugir.



Quem também conseguiu fugir foi Caike Duarte Pereira da Silva, de 14 anos. De acordo com a pai dele, Renato Silva, Caike estava dormindo na parte de cima de uma beliche. Ele acordou com a fumaça, pulou da cama e correu em meio a fumaça.  

A tragédia poderia ser pior. As fortes chuvas do Rio de Janeiro cancelaram um dos treinos da manhã desta sexta-feira e alguns atletas resolveram se dirigir para suas casas. Um deles foi João Pedro, de 16 anos, que falou a Rede Globo.

“Eu não estava no local, estava pelo clube treinando, fiquei sabendo que não ia ter treino hoje e vim para a casa do meu amigo que mora na Barra da Tijuca. Três amigos estavam pedindo para eu ficar, dormir lá, mas eu praticamente nesta semana não dormi lá no alojamento”, comentou João.

Leia também:  Clubes prestam solidariedade ao Flamengo após tragédia na categoria de base

O garoto comentou que nesta madrugada estariam presentes no alojamento cerca de 25 a 30 atletas do Flamengo. O número de meninos presentes no local na hora do incêndio não foi confirmado oficialmente pelo clube.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas