Tamanho do texto

O uruguaio teria recebido uma proposta do Flamengo e não se reapresentou para a temporada 2019 no Cruzeiro nessa semana.

Uruguaio De Arrascaeta é um dos destaques do Cruzeiro. Jogador não se apresentou para temporada 2019
Divulgação
Uruguaio De Arrascaeta é um dos destaques do Cruzeiro. Jogador não se apresentou para temporada 2019

O caso entre De Arrascaeta e Cruzeiro agitou a semana no futebol brasileiro. Tudo começou quando o jogador uruguaio não se reapresentou ao time para os trabalhos do início da temporada 2019 na quarta-feira (02).

Leia também:  Jogador de time grande da Inglaterra foi flagrado com cocaína em boate

O vice-presidente do Cruzeiro, Itair Machado, comentou em coletiva que o jogador teria recebido uma proposta do Flamengo, mas nada estaria resolvido. O cartola ainda disse que Arrascaeta seria multado por faltar ao treino.

Na quinta-feira (03), Arrascaeta voltou a faltar no treino e no fim da tarde aconteceu uma reunião com a diretoria do Cruzeiro. Na manhã dessa sexta-feira, o jogador uruguaio publicou em seu Twitter oficial uma mensagem em que afirmava ter recebido ameaças por telefone e mensagem e que os assuntos da reunião, assim como seu número, teriam vazado propositalmente.

No meio da tarde, o Cruzeiro liberou uma nota oficial em que se defende das acusações de ter vazado informações pessoais do atleta. No texto assinado pela diretoria, o clube mineiro culpou o empresário de De Arrascaeta, Daniel Fonseca, por toda a confusão.

“Entende o Cruzeiro EC que o atleta De Arrascaeta vem sendo vítima de ação nefasta e parasitária do empresário Daniel Fonseca, que é conhecido no mercado internacional e no seu próprio país, conforme noticiam várias agências, como procurador controverso e desonesto, tendo sido acusado de calote contra atletas, e inclusive sendo proibido por grandes clubes de representar seus atletas”.

Leia também:  Vasco admite corte de água em São Januário por causa de dívidas. Entenda

Durante o texto, o Cruzeiro deixou links de três matérias para comprovar as ilicitudes do empresário . Daniel Fonseca já agenciou Luís Suárez, estrela do Barcelona, e foi acusado pelo atleta de aplicar um calote de 200 mil dólares quando o camisa 09 se transferiu para a Holanda, em 2006.

Para que a torcida cruzeirense não pense mal do uruguaio, o clube deixou claro que mantem respeito pelo atleta, assim como todos os seus colegas de trabalho. O Cruzeiro disse que tomará as medidas legais contra os clubes que assediam o jogador.

“O Cruzeiro EC tem a absoluta convicção de que as declarações feitas não foram de autoria do atleta, que tem no clube absoluta e inarredável confiança e credibilidade, sendo inequívoco que o Cruzeiro continuará contando com sua competência e capacidade ao longo desta temporada que se inicia”.

Leia também:  Diego Maradona estaria enfrentando depressão após fim de noivado

Para ler na íntegra o comunicado sobre a situação do jogador De Arrascaeta, clique aqui .

    Leia tudo sobre: Futebol