Tamanho do texto

Confira o que de principal aconteceu nos dois principais jogos da rodada do Brasileirão, que envolveram quatro dos cinco primeiros colocados

Três jogos da 29ª rodada do Brasileirão agitaram a tarde deste domingo. Dois deles envolveram quatro dos cinco primeiros colocados da competição. No Pacaembu, o líder Palmeiras venceu o Grêmio (5º) por 2 a 0, enquanto no Beira-Rio o Internacional (2º) saiu atrás, mas virou sobre o São Paulo (4º) e venceu por 3 a 1. Além destas duas partidas, o Vasco derrotou o Cruzeiro em casa por 2 a 0 e subiu na tabela.

Leia também: Confira a tabela, classificação e estatísticas do Campeonato Brasileiro

Deyverson foi o herói do Palmeiras na vitória sobre o Grêmio por 2 a 0 na 29ª rodada do Brasileirão
Divulgação
Deyverson foi o herói do Palmeiras na vitória sobre o Grêmio por 2 a 0 na 29ª rodada do Brasileirão

Os gols da vitória do líder do Brasileirão foram marcados pelo atacante Deyverson. O primeiro aos sete da etapa inicial e o segundo aos 33 do tempo complementar. Já em Porto Alegre Leandro Damião foi o herói do Inter ao marcar duas vezes, aos 45 do primeiro e aos seis do segundo tempo, depois do São Paulo sair na frente com Liziero logo aos dois minutos. No fim da partida, Nico López ampliou de pênalti.

Com esses resultados, o Palmeiras chega aos 59 pontos e abre três de vantagem sobre o Internacional, que volta ser vice-líder. O São Paulo estaciona na quarta colocação com 52 pontos e o Grêmio fica logo atrás com 51.

Como foi Palmeiras 2 x 0 Grêmio

Torcida do Palmeiras, líder do Brasileirão, fez a festa no Pacaembu
Reprodução/PremiereFC
Torcida do Palmeiras, líder do Brasileirão, fez a festa no Pacaembu

O líder Palmeiras iniciou a partida em cima do Grêmio e aos sete minutos fez a festa da torcida. Dudu avançou pela direita e cruzou. No primeiro pau, Deyverson se esticou e conseguiu desviar. O goleiro Paulo Victor até tenta salvar, mas sem sucesso, e a bola morre no fundo das redes.

Com 13 minutos jogados, Diogo Barbosa cobrou falta e desta vez o arqueiro tricolor defendeu. Com 15, Cícero cruzou na área, Pepê desviou de cabeça sozinho, mas mandou por cima. O confronto passou a ficar mais travado, com poucas chances de gol.
Enquanto o alviverde tentava usar a velocidade e lançamentos, o gaúcho buscava infiltrar com troca de passes e triangulações. Aos 47 minutos, o árbitro encerrou o primeiro tempo no Pacaembu.

As chances de maior perigo antes dos 20 primeiros minutos foram em dois pedidos de pênaltis feitos pelos palmeirenses, nenhum deles com êxito. Aos 20 minutos, Luan cobrou falta da esquerda direto para o gol e assustou Fernando Prass.

Quatro minutos depois, Willian puxou contra-ataque e passou para Dudu, que disparou pela direita, invadiu a área e bateu rasteiro. Com a perna direita, porém, Paulo Victor fez a defesa e evitou o segundo gol palmeirense.

Aos 33, a zaga palmeirense deu chutão pra frente e Deyverson brigou pela bola com Bressan, que se atrapalhou ao tentar afastar. O defensor gremista escorregou e o atacante roubou a bola, cortou para a direita e bateu alto para vencer Paulo Victor e ampliar o placar no Pacaembu.

A equipe de Felipão, então, passou somente a administrar a partida e aos 48 o árbitro encerrou o duelo.

Leia também: As pretensões de Santos e Flamengo no Brasileirão após as vitórias nos clássicos

Como foi Internacional 2 x 1 São Paulo

Jogadores do Internacional comemoram gol de Leandro Damião em vitória sobre o São Paulo pela 29ª rodada do Brasileirão
Divulgação/Internacional
Jogadores do Internacional comemoram gol de Leandro Damião em vitória sobre o São Paulo pela 29ª rodada do Brasileirão

No Beira Rio, o São Paulo começou com tudo e abriu o placar logo aos dois minutos. Após erro de Edenílson, a bola ficou com Jucilei, que tocou para Reinaldo na esquerda. O lateral cruzou, Liziero antecipou a marcação e desviou sem chances para o goleiro Marcelo Lomba.

Aos 13 minutos o Internacional balançou as redes, mas o árbitro anulou. Na jogada, D'Alessandro e Patrick tocaram a bola, que sobrou para Nico López dentro da área. Ele driblou o goleiro Jean e marcou, mas o lance foi anulado por impedimento, porém os jogadores do Inter reclamaram que o toque para trás foi de Hudson.

Cinco minutos depois, a bola sobrou para D'Alessandro, que cruzou. Jean saiu mal e a bola sobrou para Patrick desviar, mas Anderson Martins conseguiu tirar praticamente em cima da linha. Aos 41, D'Alessandro cobrou falta pelo lado direito e acertou a trave.

O Internacional seguiu em cima e aos 45 minutos empatou. Nico López, que fez um bom primeiro tempo, recebeu no meio-campo e arrancou. Passou pela marcação de Liziero e cruzou. Na área estava Leandro Damião, que subiu sozinho e cabeceou firme para o canto esquerdo de Jean e deixou tudo igual. Aos 50, a primeira etapa acabou.

A equipe colorada acabou o primeiro tempo ligada e começou mais ainda. Logo no primeiro minuto D'Alessandro cobrou falta praticamente sem ângulo e Jean salvou em cima da linha. Na sequência, Diego Souza afastou.

Aos seis minutos, no entanto, não teve quem salvasse. D'Alessandro levantou na área outra vez e encontrou Victor Cuesta. O zagueiro escorou e Leandro Damião apareceu na pequena área para completar e virar o jogo para o Inter.

Dois minutos depois Nenê cobrou falta da entrada da área e assustou Lomba. Aos 14, Rojas recebeu pela direita dentro da área e passou para Hudson. Da marca do pênalti o capitão bateu de primeira e fez a bola raspar a trave.

Com 27 minutos de bola rolando no segundo tempo, Reinaldo cobrou escanteio, Damião afastou, mas no rebote Bruno Peres chutou e ela sobrou para Rojas. O jogador cruzou na medida para a pequena área onde tinham quatro são-paulinos, mas Diego Souza foi quem desviou e mandou para fora.

O São Paulo seguiu um pouco melhor e tentando pressionar em busca do empate, mas acabou por cansar. Aos 41, foi o Inter quem quase fez em cabeçada de Edenílson que passou raspando a trave. Aos 48 minutos, Anderson Martins fez pênalti em Leandro Damião. Nico López foi para a cobrança e ampliou. Fechando a vitória em casa.

Leia também: Capitão durante a Copa, Miranda aprova Neymar com braçadeira fixa: "É um líder"

Na 30ª rodada do Brasileirão , o Palmeiras enfrenta o Ceará, Internacional encara o Santos, o Grêmio joga contra o América-MG e o São Paulo disputa três pontos contra o Atlético-PR. Com mais três pontos, o alviverde mantém a melhor campanha do returno, com 26 conquistados em 30 disputados, o que significa que foram oito vitórias e duas derrotas em dez partidas.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.