Tamanho do texto

"Agora teremos um confronto direto na nossa casa, com o apoio do nosso torcedor", disse o atacante Diego Souza

São Paulo empatou com o Botafogo no Rio de Janeiro e perdeu a liderança
O Dia / Reprodução
São Paulo empatou com o Botafogo no Rio de Janeiro e perdeu a liderança

Os jogadores do São Paulo saíram de campo desapontados com o empate por 2 a 2 com o Botafogo, neste domingo, no Estádio Nilton Santos, pelo Brasileirão . O Tricolor teve chances para virar o placar e sair vitorioso, mas parou nas defesas do goleiro Saulo.

Leia também: Confira a classificação e os próximos jogos do Brasileirão

Autor do primeiro gol do São Paulo no jogo do Rio de Janeiro, o atacante Diego Souza lamentou o resultado, mas já quer ver a equipe reagindo no próximo sábado, diante do Palmeiras, no Morumbi.

"Esse grupo vem trabalhando muito, dia a dia, e é claro que não gostamos de ter perdido a liderança, por isso estamos saindo insatisfeitos com esse empate. Mas há muito campeonato pela frente e agora teremos um confronto direto na nossa casa, com o apoio do nosso torcedor. O espírito de luta continua existindo, o time tem brigado até o último minuto. Nossa equipe está bem viva", ressaltou.

Leia também: São Paulo empata com o Botafogo e cai para a terceira posição no Brasileiro

Sobre a grande defesa de Saulo aos 48 minutos do segundo tempo, o atacante explicou: "A bola pingou e subiu, então dei um toque para empurrar para o gol. O goleiro teve a felicidade de esticar a perna, e a bola ainda sair daquele quadrado. Foi muita falta de sorte, competência dele, mas era o lance que decidiria o jogo".

Autor do segundo gol do Tricolor na partida, o atacante Gonzalo Carneiro foi outro a lamentar o resultado no Rio de Janeiro. O uruguaio entrou na etapa final, no lugar de Edimar, e teve boa atuação. Além de anotar o gol de empate, ele movimentou-se muito no ataque e incomodou os defensores adversários.

"Nós merecíamos a vitória. Depois de ter empatado o jogo, a equipe sufocou o Botafogo, não deu espaço para eles criarem e ainda criou muitas oportunidades. Agora temos de continuar lutando e trabalhando para voltarmos a vencer. Nosso time está muito focado" afirmou Gonzalo.

Leia também: Palmeiras vence o Cruzeiro e assume a liderança do Campeonato Brasileiro

O uruguaio também prevê a retomada do São Paulo justamente no clássico contra o atual líder, o Palmeiras, no Morumbi, sábado, às 18 horas.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.