Tamanho do texto

Técnico do Corinthians elogiou a presença de 40 mil torcedores em treino aberto antes do duelo decisivo contra o Flamengo, pela semifinal

O Corinthians sentiu de perto o calor da torcida em treino aberto e a força que terá das arquibancadas nesta quarta, às 21h45, contra o Flamengo , em partida que vale a vaga na
final da Copa do Brasil . 40 mil pessoas acompanharam a última movimentação dos corintianos antes da decisão na Arena Corinthians.

Leia também: Corinthians antecipa concentração para semi da Copa do Brasil contra o Flamengo

Técnico Jair Ventura elogiou a presença de 40 mil pessoas em treino aberto antes do duelo decisivo contra o Flamengo
Bruno Teixeira/Corinthians
Técnico Jair Ventura elogiou a presença de 40 mil pessoas em treino aberto antes do duelo decisivo contra o Flamengo

“Eu já tinha feito um treino aberto, foi uma experiência muito boa. No Corinthians, não tem como ser diferente. Eu vejo como algo benéfico, não tem como ser pressão. Todos estão
do nosso lado, vejo como algo bom, um incentivo, a gente começa a entrar no jogo. Mas não pode passar do ponto, ter uma entrada dura, é preciso equilíbrio", comentou Jair
Ventura .

Perguntado sobre a pressão de encarar uma decisão no início de seu trabalho, Jair ressaltou. “Estou super adaptado ao clube nesse período curto, mas intenso, pela sequência de
jogos, a importância dos jogos. Sabemos a importância de levar o Corinthians para a final, mas do outro lado tem um time que também quer", afirmou.

Leia também: Jair Ventura vê evolução no Corinthians e busca conciliar atuações com vitórias

"A situação agora é diferente, com a torcida ao nosso lado, que veio com 39 mil pessoas (foram 40 mil, segundo número oficial da Arena) ao treino. Sabemos do peso desse jogo, mas teremos equilíbrio emocional para conseguir a classificação", acrescentou.

Questionado sobre o favoritismo da partida, o treinador de 39 anos garante que, mesmo com elenco menos valioso o confronto será equilibrado.“O Flamengo investiu mais, como todo
mundo sabe, mas quando a bola rola não tem favorito. Aquele que botar o coração na ponta da chuteira...", ponderou.

Leia também: O corintiano gosta mais do Pacaembu do que da arena do clube, em Itaquera

"A gente pode substituir esse investimento com determinação tática, equilíbrio e sendo bastante competitivo. E também com a qualidade que nosso time tem podemos conseguir a
classificação", finalizou Jair Ventura . 38 mil ingressos foram comercializados para o duelo decisivo desta quarta.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.