Tamanho do texto

Equipe de Diego Aguirre foi superior durante a partida, mas não conseguiu ampliar quando teve a chance e pode até perder a liderança do Brasileirão

Com um gol em cada tempo, São Paulo e América-MG  empataram em 1 a 1, neste sábado, no estádio do Morumbi, pela abertura da 26ª rodada do Campeonato Brasileiro . Desta forma,
a equipe tricolor pode perder a liderança, caso o Internacional vença o Corinthians neste domingo.

Leia também: Confira como está a classificação, a tabela e estatísticas do Brasileirão

São Paulo e América-MG empataram em 1 a 1 no Morumbi, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro
Divulgação
São Paulo e América-MG empataram em 1 a 1 no Morumbi, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro

O gol do São Paulo foi marcado por Diego Souza, aos 46 minutos do primeiro tempo, e Matheusinho, aos 35 da etapa final. Com o resultado, o time Tricolor soma 51 pontos, enquanto o América, 31. Agora o Internacional, que tem 49, tem a chance de reassumir a ponta.

Ao canal Premiere , o capital Hudson lamentou o empate. "A gente teve que imprimir um ritmo forte, de buscar o jogo o tempo todo. Tivemos que buscar alternativas para achar o
gol, e isso desgastou um pouco o time", disse ainda em campo.

"Sentimos um pouco o ritmo e eles acharam o gol, foram felizes. A gente esteve um pouco abaixo, o América conseguiu nos anular. É um resultado extremamente ruim, a gente contava
com os três pontos, mas ainda temos 12 jogos pela frente", acrescentou.

Já do outro lado, Leandro Donizete comemorou o ponto conquistado. "Bom demais. Todo mundo contava com derrota, que o América ia perder de três ou quatro. Aqui dentro o que manda é a determinação, a vontade, o dinheiro não conta nada. Tivemos tranquilidade para voltar bem no segundo tempo, rodar a bola. O São Paulo se atira bastante, ainda mais com o
apoio da torcida, e a gente soube esperar e fazer o gol", apontou.

Na próxima rodada, o time de Diego Aguirre enfrenta o Botafogo, fora de casa. Já os mineiros recebem o Corinthians no Independência.

Leia também: Liderança de Cássio e talento de Jadson: os "segredos" de Jair no Corinthians

Principais lances de São Paulo x América-MG

Torcida lotou o Morumbi, mas São Paulo só empatou com o América-MG
Estevão Germano / América
Torcida lotou o Morumbi, mas São Paulo só empatou com o América-MG

A primeira chance da partida foi do América-MG, aos três minutos. Carlinhos recebeu do lado esquerdo e cruzou para trás em direção a Gerson Magrão, que acabou finalizando mal
para defesa de Sidão.

Após um longo tempo sem chances, aos 29, o São Paulo chegou em bom passe de Nenê para Everton Felipe, que cruzou no segundo pau para Arboleda. O zagueiro ajeitou e Liziero
finalizou livre, mas a bola explodiu na defesa e saiu.

Outra boa chance do São Paulo foi aos 36 minutos. Reinaldo cobrou lateral para dentro da área e Rodrigo Caio chegou cabeceando, mas a bola bateu na zaga. No lance seguinte, após
escanteio, Diego Souza dominou e puxou bicicleta dentro da pequena área, mas mandou por cima.

Quando o primeiro tempo se aproximava do fim, Nenê cobrou falta curta para Reinaldo, que devolveu para o camisa 10. Pelo lado esquerdo, ele cruzou de forma perfeita e Diego
Souza veio de trás para cabecear firme, no canto do goleiro João Ricardo e abrir o placar.

Aos 13 minutos da etapa final Everton Felipe quase marcou em chute cruzado da entrada da área, mas a bola foi para fora. Aos 25, Nenê tabelou com Diego Souza e invadiu a área
girando sobre a defesa. Na hora de finalizar, bateu em cima da zaga.

Três minutos depois, Diego Souza lançou Régis na direita. Ele cruzou na direção de Nenê e Reinaldo, que estavam livres, mas os dois se atrapalharam e a bola saiu.

Depois de perder boas chances, o São Paulo foi penalizado. Aos 35 minutos, o América chegou com Robinho pelo lado esquerdo. Ele tocou para Carlinhos dentro da área, que
finalizou e obrigou Sidão a fazer boa defesa.

No rebote, no entanto, Matheusinho apareceu sozinho para finalizar e mandar para o fundo do gol e empatar a partida.

Aos 42, quase a virada mineira. Aderlan ganhou dividida com Anderson Martins pela direita, invadiu a área, mas acabou se enrolando com a bola. Ele ainda conseguiu tocar para
trás e Wesley Pacheco chegou batendo, mas mandou por cima.

Leia também: Festa da torcida marca passagem do Palmeiras pelo Recife, onde enfrenta o Sport

No fim, o América-MG ficou mais com a bola e conseguiu segrar no campo ofensivo. O São Paulo , por sua vez, não conseguiu pressionar mais, mesmo com mais de 47 mil torcedores no
Morumbi, que vairam após o apito final.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.