Tamanho do texto

O treinador rasgou elogios ao meia, que teve boa atuação na última vitória do Corinthians pelo Campeonato Brasileiro, contra o Sport

Jadson comemora gol com a camisa do Corinthians
Divulgação
Jadson comemora gol com a camisa do Corinthians

O técnico Jair Ventura mostra-se um bom admirador do camisa 10 clássico. E por isso rasgou elogios ao meia Jadson pelo gol e atuação na vitória do Corinthians sobre o Sport, em São Paulo.

Leia também: Ídolo das massas, Gamarra diz que jogar no Corinthians é mais difícil que no Fla

O treinador do Corinthians sabe que Jadson é peça fundamental no que imagina ser um time ideal para atingir objetivos na Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

“Ele é o 10 que está em extinção. É o 10 da bola parada,do último passe, aquele que todo mundo procura. É um jogador decisivo. Te facilidade de encontrar os companheiros no ataque. Quando coloco três volantes ele fica próximo a área e é diferente, um cara diferente”, avalia Jair Ventura.

Leia também: Semifinais da Copa do Brasil: Palmeiras e Flamengo ficam em desvantagem

“Claro que ele não será decisivo em todas as partidas mas quando consegue imprimir o ritmo dele é muito importante para nós. É fundamental para o que temos em mente aqui no Corinthians”, explica o treinador.

Após a vitória contra o Sport pelo Campeonato Brasileiro, Jadson foi escolhido pelos torcedores corintianos como o melhor jogador da partida.


Corinthians não vai priorizar competições

Jair Ventura comandando treino no Corinthians
Reprodução / Corinthians
Jair Ventura comandando treino no Corinthians

Jair Ventura vai ter a semana livre para trabalhar o Timão pensando no confronto contra o Inter, domingo, às 16 horas, na Arena Itaquera. O treinador revelou que está incomodado com a variação do time na classificação do Brasileirão mas que, apesar de estar na reta decisiva da Copa do Brasil, não vai priorizar competições.

Leia também: Apresentado, Jair Ventura fala sobre rótulo de retranqueiro: "Motivo de orgulho

“Um time como o Corinthians precisa sempre subir na tabela. A Copa do Brasil, claro, está mais próxima para nós (classificação Libertadores) mas não vamos descuidar do nacional. Estamos recomeçando. Pontuar em casa e depois buscar pontos fora são nossos passos”, finalizou.


    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.