undefined
Reprodução
José Carlos Peres usa grupo virtual para se defender do processo de impeachment

Nos dias atuais as redes sociais e aplicativos de relacionamento se tornam potencias para formar opiniões em temas específicos. No  Santos , o processo de impeachment contra o presidente  José Carlos Peres , que será votado no Conselho Deliberativo do clube nesta segunda, é alvo de campanhas pró e contra o mandatário alvinegro no mundo virtual. Uma verdadeira "guerra virtual" contra e a favor do impedimento.

Leia também: Processo de impeachment de Peres adia escolha de executivo de futebol no Santos

Pelo aplicativo de mensagem de texto 'Whatsapp', a busca por voto na segunda-feira é grande. Os correligionários de situação e oposição bombardeiam grupos formados por conselheiros e até sócios do clube com textos, áudios e vídeos que relatam a batalha por apoio no  processo de impeachment .

Leia também: Conselheiros do Santos recebem relatório que sugere impeachment do presidente

José Carlos Peres criou um grupo neste aplicativo intitulado de "Não ao Golpe" que é administrado por ele e por Anílton Luiz Perão, um dos indicados do presidente para compor o Comitê de Gestão e que teve o nome vetado pelos conselheiros na reunião da última semana. O gestor Pedro Dória Mesquita também faz parte deste grupo.

undefined
Reprodução
O presidente do Santos é um dos administradores do grupo contra o processo de impeachment

Leia também: Atuações fracas e poucos gols fazem Bruno Henrique  perder espaço na "Era Cuca"

A "luta frenética" por apoio no  processo de impeachment  foi pauta em entrevista do técnico Cuca antes do empate contra o Grêmio. "Não nos atinge (política) mas queremos um Santos só", comentou.O treinador está com atenções voltadas para a partida deste domingo, contra o lanterna Paraná Clube, às 19 horas, em Curitiba. Porém, nos bastidores da Vila Belmiro, o jogo que vale mesmo está marcado para o primeiro andar do estádio Urbano Caldeira, segunda-feira, a partir das 20 horas, onde 301 conselheiros vão decidir se acatam ou não o parecer da Comissão de Inquérito e Sindicância pelo impedimento do presidente José Carlos Peres.


    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários