Tamanho do texto

Justiça suíça revogou o efeito suspensivo de Guerrero, que voltará a cumprir sua pena de 14 meses por doping

Estreia de Guerrero no Inter estava marcada para o próximo domingo contra o Palmeiras
reprodução / Twitter
Estreia de Guerrero no Inter estava marcada para o próximo domingo contra o Palmeiras

A Justiça da Suíça revogou o efeito suspensivo de Paolo Guerrero, que voltará a cumprir sua pena de 14 meses por doping , conforme apurou o repórter Eric Faria, da Globo.

Leia também: Colorados fazem festa para receber Guerrero; atacante vestirá a 79 do Inter

A autorização para Guerrero voltar a jogar foi concedida pela própria Justiça Comum da Suíça em maio deste ano, liberando o jogador para disputar a Copa do Mundo na Rússia. 

O peruano chegou inclusive a agradecer a Justiça Suíça em suas redes sociais.


O jogador havia cumprido apenas seis meses da sua punição, tendo então que cumprir os oitos meses restantes, já que não existem mais recursos possíveis.

Quanto ao Internacional, que esperava contar com o atacante para a disputa do título do Campeonato Brasileiro, deve "congelar" o contrato, sem ter a obrigação de pagar os salários do atleta.

Leia também: Ryan Lochte é suspenso por violar regra antidoping

A estreia do camisa 79 do time colorado era esperava para domingo (26), em partida contra o Palmeiras, em Porto Alegre.

Relembre o caso Guerrero

Paolo Guerrero marcou pelo Peru contra Austrália na Copa do Mundo
FIFA/ Divulgação
Paolo Guerrero marcou pelo Peru contra Austrália na Copa do Mundo

Em outubro de 2017, o centroavante foi condenado a cumprir suspensão de um ano após um metabólito da cocaína ser detectado em seu exame antidoping no jogo entre Peru e Argentina nas eliminatórias da Copa.

Em dezembro, a pena foi reduzida para seis meses, e o peruano conseguiu disputar alguns jogos pelo Flamengo em maio, Porém, também em maio, o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), na Suíça, ampliou a pena para 14 meses.

Leia também: Médico da seleção confirma que jogadores russos inalaram amônia para "despertar"

Guerrero então entrou com pedido na Justiça Comum do país e conseguiu seu efeito suspensivo para jogar a Copa do Mundo pelo Peru.


    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.