Tamanho do texto

Meia-atacante, que passou pela Chape no ano passado, errou ao falar sobre a volta do Inter à Série A e posteriormente se retratou: "Me expressei mal"

O meia-atacante Rossi, do Internacional , em entrevista coletiva nesta quinta-feira, comparou o rebaixamento do time gaúcho no Brasileirão de 2016 com a trágico acidente da Chapecoense , em novembro do mesmo ano, ao falar sobre como a equipe está se construindo.

Leia também: No último dia de janela, Bernard é anunciado como novo reforço do Everton

O meia-atacante Rossi, do Internacional, errou ao comparar rebaixamento com tragédia da Chape e depois se desculpou
Ricardo Duarte/Internacional
O meia-atacante Rossi, do Internacional, errou ao comparar rebaixamento com tragédia da Chape e depois se desculpou

Pelas redes sociais, no entanto, o jogador assumiu que se expressou mal e pediu desculpas. Hoje com 25 anos, Rossi jogou na Chapecoense no ano passado e, por este motivo, conectou as duas situações ao ser perguntado se o Inter pode almejar o título do Brasileiro deste ano. Na pergunta, o termo "reconstrução" foi usado pelo repórter.

"É como você falou… O Inter vem em reconstrução e quando falo em reconstrução lembro muito da Chape. Joguei lá ano passado, fizemos um elenco de reconstrução e conquistamos muitas coisas lá. É como se um avião tivesse caído também aqui", disse.

Leia também: Atleta negra vítima de racismo chega à final de campeonato na Alemanha

"Um time como o Inter jamais poderia ter caído para a segunda divisão e acredito que é uma reconstrução, do jeito como foi com a Chape. O que almejo é uma libertadores e quem sabe o título. Vamos pensar jogo a jogo e cada jogo vai ser uma final", acrescentou.

Desculpas de Rossi

Rossi publicou pedido de desculpas em seu Instagram
Reprodução/Instagram
Rossi publicou pedido de desculpas em seu Instagram

Rapidamente, a declaração do jogador repercutiu nas redes sociais e, por isso, ele decidiu se posicionar. Em sua conta no Instagram, o atleta publicou uma foto usando camisa da Chape e se desculpou.

Leia também: Ídolo do PSG alfineta Neymar e diz que brasileiro tem menos carisma do que Ibra

"Pessoal, por óbvio me expressei mal. Peço desculpas a todos pela comparação fora de lugar que fiz e que não representa o que penso e o que tentei transmitir. Vivi de perto a dor que todos passaram em Chapecó e digo a vocês que nada se compara ao que lá se sucedeu. Peço desculpas!", escreveu Rossi .

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.