Tamanho do texto

No cenário anterior, a conselheira só poderia se candidatar em 2022 e esperar duas eleições. Agora, tem chances de ser sucessora direta de Galiotte

Leila Pereira Crefisa Palmeiras
Divulgação
Leila Pereira Crefisa Palmeiras

Neste último sábado (04), os sócios do Palmeiras aprovaram diversas mudanças no estatuto do torcedor, entre elas, a de mais relevância foi a alteração no aumento do mandato presidencial de dois para três anos.

Leia também: Willian tem lesão confirmada e é desfalque para próxima partida do Palmeiras

Com o novo cenário, a conselheira e presidente da Crefisa ( maior patrocinador do Palmeiras ), Leila Pereira , terá caminho livre para ser a sucessora de Mauricio Galiotte, atual presidente, que tentará a reeleição esse ano. Caso a mudança não fosse aprovada, Leila teria que esperar para concorrer somente em 2022 e esperar duas eleições.

A votação aconteceu na sede do clube e contou com 2.152 associados que tomaram as decisões. Foram 1.383 votos a favor, 753 contra e 16 abstenções. A porcentagem foi de 65% do total dos votos. As medidas valerão a partir da próxima eleição, no final do ano- data que também foi decidida por votação: 1375 votos a favor da alteração valer para próxima eleição, contra 756 "não", além de 21 abstenções.

Leila embora não tenha confirmado que pretende concorrer às eleições em 2021, fez forte campanha política para o resultado ser positivo e favorecer a atual gestão, sob comando de Galiotte, seu aliado. A conselheira comemorou o resultado através de um vídeo em seu Twitter.

Leia também: Felipão é apresentado no Palmeiras: "Muito feliz de estar de volta à minha casa"

 “Acabou agora a apuração e venceu o ‘sim’, mas sabe quem saiu verdadeiramente vitorioso? O Palmeiras. Agora, teremos tranquilidade para o presidente administrar durante três anos, seja ele quem for. Estou muito feliz, porque nossa luta sempre foi pelo melhor para o Palmeiras. E o Palmeiras saiu vitorioso.” declarou Leila.


Confira os resultados da votação realizada ontem, na sede do Palmeiras:

Leila fez forte campanha política para o resultado ser positivo e favorecer a atual gestão do seu aliado, Maurício Galiotte
PALMEIRAS/CÉSAR GRECO
Leila fez forte campanha política para o resultado ser positivo e favorecer a atual gestão do seu aliado, Maurício Galiotte


1 - Adequação do nome de fundação

Sim: 2022 Não: 126 Abstenções: 6

2 - Adequação do endereço (de rua Turiassu para rua Palestra Itália)

Sim: 1947 Não: 198 Abstenções: 7

3 - Alteração do horário das assembleias gerais

Sim: 2007 Não: 133 Abstenções: 12

4 - Melhoria no processo do voto eletrônico

Sim: 1988 Não: 152 Abstenções: 12

5 - Definição de data para aprovação de orçamentos

Sim: 1986 Não: 150 Abstenções: 16

6 - Alteração do prazo de duração do mandato de presidente e vices

Sim: 1383 Não: 753 Abstenções: 16

6a - Alteração da vigência da alteração de mandato a partir de janeiro de 2019

Sim: 1375 Não: 756 Abstenções: 21

7 - Inclusão de todos os candidatos das chapas como suplentes

Sim: 1830 Não: 301 Abstenções: 21

8 - Suspensão para conselheiro vitalício ausente em três reuniões consecutivas ou cinco alternadas

Sim: 1956 Não: 173 Abstenções: 23

9 - Manutenção do número de 148 conselheiros vitalícios

Sim: 965 Não: 1162 Abstenções: 24

10 - Adequação do estatuto para uso da Lei de Incentivo ao Esporte

Sim: 2001 Não: 126 Abstenções: 25

Leia também: Final da Copa 2022 no Catar está marcada para cidade que ainda nem existe

 E você torcedor, acha que essa decisão foi boa para o Palmeiras ? Comente! 

Clique e baixe o 365Scores para ter resultados, dados, notícias, tempo real, vídeos e muito mais


    Leia tudo sobre: Futebol