Tamanho do texto

Goleiro do Atlético-PR checou seu aparelho móvel antes do início da partida na Arena da Baixada; fato surpreendeu, inclusive, o treinador da equipe

Santos, goleiro do Atlético-PR, é flagrado usando o celular antes da partida na Arena da Baixada
Reprodução
Santos, goleiro do Atlético-PR, é flagrado usando o celular antes da partida na Arena da Baixada

Uma cena um tanto quanto inusitada marcou a partida entre o Atlético-PR e o Atlético Mineiro neste último domingo (13). Na Arena da Baixada, pela quinta rodada do Campeonto Brasileiro , o goleiro do time da casa foi flagrado usando o celular . As imagens, gravadas por torcedores presentes no estádio em Curitiba, se tornaram virais na internet.

Leia também: Jogador morre depois de ter sido atingido por raio durante amistoso na África do Sul

Nas gravações, é possível ver o goleiro já dentro da grande área de uniforme e luvas, mexendo em seu telefone móvel. Ao escutar o apito inicial da partida dado pelo árbitro Luiz Flavio de Oliveira, Santos coloca o celular no chão, ao lado da trave.

Questionado pela atitude, o arqueiro paranaense preferiu não dar detalhes. "Bom, não queria entrar em detalhes, mas acho que não tem problema nenhum pegar o celular naquele momento", afirmou Santos .

Leia também: Torcedores do Arsenal querem renomear estádio em homenagem a Wenger

Confira a repercussão que rolou na internet:

Leia também: Após superar depressão, ex-jogador de futebol é destaque na famosa Arnold Sports

Fim do jogo na Arena da Baixada

Atlético-MG venceu o xará do Paraná
Twitter/Reprodução
Atlético-MG venceu o xará do Paraná

A cidade de Curitiba recebeu o duelo de Atléticos, com o de Minas Gerais levando a melhor. O Furacão até saiu na frente com gol de Pablo, mas o Galo virou o placar para 2 a 1 em tentos do zagueiro Bremer e do atacante Roger Guedes, ambos na etapa final.

Após o final da partida, o treinador da equipe local, Fernando Diniz, se mostrou surpreso com o acontecimento que envolveu o goleiro e revelou que vai buscar explicações sobre. "Não tenho conhecimento. Acho estranho, por que o Santos é um jogador muito responsável, acho estranho. Não quero... A gente precisa saber porque isso aconteceu. Estou sabendo agora", declarou o técnico do Atlético-PR .

    Leia tudo sobre: futebol