Tamanho do texto

Em casa, o Tricolor paulista não conseguiu colocar a bola na rede e foi impedido por várias vezes pelo goleiro do adversário de Araraquara

Ferroviária segurou empate e aprofunda crise no São Paulo
Reprodução/ Twitter São Paulo
Ferroviária segurou empate e aprofunda crise no São Paulo

No Morumbi, o São Paulo recebeu o Ferroviária pelo nona rodada do Campeonato Paulista . Apesar de líder do Grupo B, as últimas duas derrotas nos últimos dois jogos quase custou o cargo do treinador Dorival Junior. Já o time de Araraquara se via na última colocação do Grupo C, liderado pelo Palmeiras, e busca a classificação para a segunda fase da competição.

Leia também: Neymar se machuca em vitória do PSG no clássico Francês e deixa o campo chorando

A Ferroviária começou o jogo bem fechada e tentou dificultar para o São Paulo conseguir encontrar espaço no ataque. Mas com superioridade no passe de bola, o Tricolor pressionou e aos 16, Diego Souza tentou fazer um passe para Valdívia, que acabou chegando atrasado na bola. Dois minutos depois, Cueva deu um forte chute para o gol, mas foi parado por Tadeu. Sem moleza, o goleiro visitante ainda evitou um gol de falta marcado por Diego Souza e uma tentativa de Marcos Guilherme. Nos acréscimos, o atacante teve outra oportunidade, mas perdeu uma boa chance e mandou por cima. 

Com o apito final do primeiro tempo, muitas vaias da torcida durante a descida do time Tricolor para o vestiário. Do lado de fora, uma confusão entre torcidas organizadas fez com que alguns homens ficassem machucados e outros fossem detidos pela polícia.

Leia também: Conmebol anuncia final da Libertadores em jogo único a partir de 2019

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o São Paulo começou pressionando, ainda na tentativa de acertar o chute final ao gol. Aos 9 minutos de bola rolando do segundo tempo, Diego Souza é substituído por Tréllez e é vaiado ao deixar os gramados. Aos 14, Valdívia cobrou escanteio e Arboleda tentou marcar de cabeça no canto esquerdo, mas Tadeu, mais uma vez, impediu o time do Morumbi de abrir o placar em casa.

Aos 15 minutos, Militão pegou a sobra de Valdívia, deu um forte chute, mas a bola passou perto da trave. Valdívia sai para a entrada de Nenê, que nos primeiros instantes dentro de campo já tentou marcação, mas mandou por cima do gol. Com a decisão de tirar o novo reforço da equipe, o treinador Dorival Junior foi bastante vaiado pela torcida.

Leia também: Robinho "desprezou" vítima de violência sexual, diz relatório da sua condenação

Enquanto a Ferroviária não conseguia chegar perto da área neste segundo tempo, o Tricolor se manteve persistente, mas contou com as defesas de Tadeu. O goleiro do time de Araraquara pegou uma falta de Nenê e minutos depois salvou um gol praticamente feito de Cueva. 

Aos 36 minutos os visitantes conseguiram uma tentativa de ataque em uma cobrança perigosa de falta de Velicka. Sidão espalmou e tirou a bola, mas na sobra, Patrick estava impedido. Nos acréscimos, Paulinho chutou forte mas Tadeu fez mais uma bela defesa, impedindo a mudança de placar e deixando em 0 a 0 até o apito final. 

    Leia tudo sobre: futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.