Tamanho do texto

Marcelo Lomba e um policial militar de folga ajudaram a resgatar casal de banhistas que não conseguia sair do mar devido forte correnteza

Marcelo Lomba, goleiro do Internacional desde o ano de 2016
Reprodução
Marcelo Lomba, goleiro do Internacional desde o ano de 2016

As férias de Marcelo Lomba começaram um tanto quanto emocionantes. Em seu primeiro dia de folga do Internacional , o goleiro presenciou um afogamento em uma praia ao lado da Gaurda do Embaú, em Santa Catarina. De acordo com o jornal Zero Hora , o jogador almoçava com a esposa Paula e seus dois filhos João e Rosa enquanto ouviu gritos vindos do mar.

LEIA TAMBÉM: De OJ Simpson a Jobson: Relembre 13 atletas que foram parar atrás das grades

Por causa da forte correnteza, um casal não conseguia retornar à costa. Então o goleiro do Inter e um outro homem presente no local, depois identificado como capitão da Polícia Militar Victor Bonfim, participaram do resgate dos banhistas. Segundo o arqueiro, após fazer o primeiro resgate, Bonfim voltou ao mar com objetos para ajudar no salvamento da segunda vítima.

LEIA TAMBÉM: Com Robinho condenado por violência sexual, o que acontece agora? Será preso?

Relatos do atleta

Resgate na Guarda do Embaú (SC), de sunga, PM Victor Bonfim
Reprodução/ Corpo de Bombeiros
Resgate na Guarda do Embaú (SC), de sunga, PM Victor Bonfim

"Entramos no mar rapidamente. Bonfim me disse que iria atrás da menina, que estava sendo levada pela correnteza, enquanto eu ajudava o rapaz a sair da água. Eu segurei na mão dele, mas não nos movíamos do lugar. Eu pedia para ele nadar, que eu ajudaria, mas ele não conseguia. A onda me jogou nas pedras, e foi por ali que consegui me segurar e sair do mar", disse Marcelo Lomba.

LEIA TAMBÉM: Marcelo reconhece fraude fiscal na Justiça espanhola e vai pagar R$ 1,9 milhão

A correnteza ainda dificultou o salvamento do casal e Lomba e o PM de folga form retirados do mar cerca de 40 minutos depois, com a chegada de mais salva-vidas , um jet ski e alguns surfistas locais. "Foi horrível. Eu nadava para tentar voltar à faixa de areia e ouvia meu filho João, seis anos, gritar papai. Foi um susto, mas deu tudo certo. É preciso enaltecer o trabalho do Bonfim, que salvou duas vidas", relembrou o goleiro.

Clique e baixe o 365Scores para ter resultados, dados, notícias, tempo real, vídeos e muito mais


    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.