Tamanho do texto

Comandado pelo auxiliar Alberto Valentim, o Verdão venceu o Atlético-GO fora de casa pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro e sobe na tabela

Com três assistências, Keno foi o nome do jogo para o Palmeiras
Reprodução
Com três assistências, Keno foi o nome do jogo para o Palmeiras

Depois de duas partidas sem vencer e um feriado conturbado com a saída de Cuca, o Palmeiras voltou a vencer neste domingo (15), pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sob o comando do interino Alberto Valentim, o time fechou o placar em 3 a 0 em cima do lanterna do torneio, o Atlético-GO.

LEIA TAMBÉM: Goleiro morre após colisão com companheiro de equipe; assista o vídeo

Com gol de William, o Verdão logo abriu o placar aos 20 minutos do primeiro tempo e mais 20 depois, Moisés completou para que a equipe fosse ao intervalo um pouco mais aliviada. Aos 15 do segundo tempo, Dudu faz de cabeça a terceira marcação do Palmeiras no estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia.

Aos 18 depois do intervalo, o Dragão até tentou com Walter, mas foi impedido com uma bela defesa de Fernando Prass. Mas aos 30, Mayke derrubou Jorginho dentro da área e Walter deu uma cavadinha e descontou para o Atlético. Cinco minutos após o gol, William Alves foi tentar impedir a entrada de Thiago Santos na área e derrubou o palmeirense. Com o segundo amarelo, o defesa é expulso.

Com a vitória, o Palmeiras agora ocupa a quarta colocação da tabela com 47 pontos. Destaque para Keno , o nome do jogo, pela bela atuação e hat-trick de assistências. Enquanto isso, o time goianense anota sua 16ª derrota e estaciona na última colocação do Brasileirão.

LEIA TAMBÉM: Ex-jogador do Botafogo e chefe do tráfico é preso no Rio de Janeiro; confira

Fluminense 1 x 0 Avaí

No Maracanã, o Fluminense venceu o Avaí por 1 a 0 com gol de Henrique Dourado. Aos 13 do primeiro tempo, o atacante abriu o placar e pouco tempo antes, caiu na área e a torcida pediu pênalti. No entanto, o juiz Flavio Rodrigues de Souza mandou o jogo seguir.

Na volta do intervalo, o time de Florianópolis bem que tentou reverter a situação e três minutos depois, Leandro Silva cabeceia e coloca a bola nas redes. A equipe até que comemorou, mas o assistente não correu para o meio e o gol foi anulado. O Flu teve ainda algumas chances de marcar o segundo e Matheus Alessandro até chegou a fazer de cabeça, mas o árbitro anulou o lance e alegou falta do atacante em Fagner Alemão.

A vitória cairia muito bem para o Avaí, já que vencer tiraria o time do rebaixamento. Mas com o placar final em 1 a 0 para o rival, o catarinense se mantém na degola com a 18ª posição. Já o Fluminense, que também estava dentre os rebaixados e apenas uma colocação à frente do Avaí, ocupa agora o 11º lugar da tabela.

LEIA TAMBÉM: Torcedor do Vila Nova é preso após gravar vídeo com arma e ameaçar torcida rival

Sport 1 x 1 Atlético-MG

Na Ilha do Retiro, em Recife, o Sport terminou a partida contra o Atlético-MG em 1 a 1 e caiu duas posições na tabela. A partida começou fervorosa e em apenas cinco minutos de bola rolando, foram quatro faltas. O primeiro gol saiu aos nove do primeiro tempo, com Patrick marcando de canhota para o time da casa. Dois minutos depois, o Galo bem que tentou o empate com um belo chute de Valdívia, mas que passou por cima do gol.

Aos 13, Magrão salvou o Sport depois de um chute de Elias e em lance perigoso, o Leão quase marca o segundo. Juninho foi lançado na entrada da área, dribla o goleiro Victor do Atlético e chuta. Com pouca força no chute, Gabriel salva em cima da linha. Mas o Galo reagiu com Fred, que deu um peixinho e cabeceou para o fundo das redes. A marcação do atacante marcou o fim do jejum de 12 jogos sem fazer gols.

O segundo tempo começou em 1 a 1, placar que terminou até o fim dos 90 minutos de partida. Com o gol de Fred e o empate, o Atlético-MG voltou melhor para o segundo tempo e o Sport até tentou marcar mais um para conseguir a vitória, mas não conseguiu. O placar igual fez com que o time de Recife caísse duas colocações e o de Minas Gerais uma na tabela do Brasileirão .

Chapecoense 0 x 1 Flamengo

O Flamengo foi até o Índio Condá enfrentar a Chapecoense e o jogo começou quente. O clima era de tensão entre os dois times e ao longo do primeiro tempo, foi difícil encontrar chances para possíveis marcações. Sem muitas novidades, o primeiro tempo terminou em placar zerado.

Depois do intervalo a partida teve melhoras. A Chape teve duas boas oportunidades, a primeira com Túlio de Melo aos cinco minutos de cabeça e depois com Reinaldo aos 24, mas ambos foram parados pelo goleiro do Fla Diego Alves. Um minuto depois, o time do Rio de Janeiro ganhou um pênalti depois da bola ter tocado a mão de Douglas. Com chute fraco, Éverton Ribeiro desperdiça a chance de abrir o placar.

Mas aos 34 minutos do segundo tempo, Diego recebe de Berrío, bate cruzado e marca para o Flamengo, fechando jogo em 1 a 0. O time carioca agora é o sétimo colocado do Brasileirão, com apenas quatro pontos do Cruzeiro, Palmeiras e Grêmio, ambos com 47 pontos. Enquanto a Chape desceu uma posição e ocupa o 14º lugar.