Tamanho do texto

Cuca não irá terminar seu trabalho no Palmeiras até o final da temporada e Mano Menezes do Cruzeiro é o nome preferido para substituir o treinador

Cuca
Reprodução
Cuca

O Palmeiras anunciou nesta sexta-feira (13) que Cuca não é mais o treinador do clube. A decisão foi tomada em acordo comum e o técnico não vai realizar seu trabalho até o final da temporada. A última partida no comando da equipe foi o empate por 2 a 2 com o Bahia, nesta última quinta (12), no Pacaembu.

LEIA TAMBÉM: Ex-jogador do Botafogo e chefe do tráfico é preso no Rio de Janeiro; confira

Cinco meses depois de voltar ao comando do time, Cuca deixa o Palmeiras e será interinamente substituído pelo auxiliar Alberto Valentim. A próxima partida do clube acontece neste próximo domingo (15), contra o Atlético-GO pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O nome mais cogitado para assumir o cargo da equipe é Mano Menezes, que está no Cruzeiro. Com contrato com o time mineiro até o final do ano, é atualmente o treinador mais desejado pela diretoria palmeirense .

LEIA TAMBÉM: "Queremos ajudar Neymar a vencer a Bola de Ouro", diz técnico do PSG

Leia o comunicado do Palmeiras na íntegra:

Cuca não é mais treinador do Palmeiras. Ficou decidido, em comum acordo, pelo encerramento deste ciclo do profissional no Verdão. O auxiliar Alberto Valentim assumirá o comando técnico da equipe.

O treinador Cuca fará um pronunciamento nesta sexta-feira (13), às 14h30, na Academia de Futebol. No sábado (14), o presidente Maurício Galiotte concederá entrevista coletiva, também na Academia, às 11h30.

A Sociedade Esportiva Palmeiras agradece ao técnico Cuca pelos serviços prestados e deseja sorte no prosseguimento da carreira.

LEIA TAMBÉM: Oscar conta ter recebido propostas na Europa e revela motivo de ter ido à China

Pronunciamento de Cuca

"Nesse tempo que passei aqui nessa segunda vez, tentei ao máximo ajudar a equipe, o clube, de todas as formas. Sempre me doando ao máximo. E, infelizmente, mesmo essa máximo não foi capaz de fazer o Palmeiras ter êxito na Copa do Brasil nem na Libertadores, que era o sonho de todos", disse.

"Infelizmente, ficou. Futebol é assim. Se trata de um time com um grupo muito bom. Em nenhum jogo o Palmeiras deixou de lutar, deixo meu agradecimento aos jogadores e ao Alexandre que confiou em mim", completou Cuca.