Tamanho do texto

Brasileiro quer receber bônus integral por renovação e o sindicato o apoiou: "Neymar pode contar com o FifPro se assim desejar", disse a entidade

O sindicato mundial de jogadores ( FifPro ) anunciou nesta quinta-feira, através do presidente da entidade, Philippe Piat, que apoia Neymar em seu processo contra o Barcelona . O dirigente ainda denunciou "o absurdo do sistema de transferências".

Leia também: Neymar já bate recordes no PSG e dispara críticas contra o Barcelona

" Neymar pode contar com o FifPro se assim desejar", escreveu Piat em nota oficial da entidade. O jogador brasileiro entrou nesta semana com um processo na Câmara de Resolução de Disputas da Fifa contra o clube catalão  para receber o pagamento integral do bônus pela renovação de contrato, que gira em torno de 26 milhões de euros (aproximadamente R$ 96 milhões).

Neymar processou o Barcelona para receber bônus por renovação e recebeu apoio do FifPro
L'Equipe / Reprodução
Neymar processou o Barcelona para receber bônus por renovação e recebeu apoio do FifPro

No mesmo dia, o Barcelona abriu uma denuncia contra o jogador e exigiu que ele pague 8,5 milhõe de euros  (cerca de R$ 31,5 milhões) por danos e prejuízos pelo descumprimento de contrato, além de outros 10% adicionais, que seriam parte do bônus de renovação.

Leia também: PSG está cada vez mais perto de anunciar a contratação do atacante Mbappé

"Quem sempre se aproveitou deste sistema - depois de mudá-lo por interesse próprio com a cumplicidade da Fifa - é quem hoje faz cara feia. Os dirigentes do Barcelona reagiram como todos seus colegas quando são pegos no próprio jogo. É aí que o caçador, depois de virar caça, ataca o sistema que ele mesmo corrompeu!", acrescentou Piat.

@blaisematuidiofficiel

Uma publicação compartilhada por Nj 🇧🇷 👻 neymarjr (@neymarjr) em

Em campo

Até agora Neymar participou de dois jogos com  a camisa do Paris Saint-Germain. No primeiro, contra o Guingamp, fez um gol na vitória por 3 a 0, fora de casa; no segundo, diante do Toulouse, em casa, marcou duas vezes e foi o grande destaque na goleada por 6 a 2. A próxima partida será nesta tarde, novamente no Parc des Princes, diante do Saint-Étienne. As duas equipes venceram os três jogos e somam nove pontos até aqui. O PSG lidera pelos critérios de desempate.

    Leia tudo sobre: futebol