Tamanho do texto

Atacante participou diretamente de seis gols da equipe francesa e mostrou uma certa mágoa com o clube espanhol

Neymar marcou dois gols e deu outras duas assistências na goleada do PSG por 6 a 2
L'Equipe / Reprodução
Neymar marcou dois gols e deu outras duas assistências na goleada do PSG por 6 a 2

Neymar fez apenas dois jogos com a camisa do PSG , mas já conquistou os franceses. De acordo com levantamento feito pelo jornal "L'Équipe", o atacante brasileiro teve participação fundamental em seis gols da equipe até aqui, sendo que marcou três vezes e deu outras três assistências.

Leia também: Neymar deita e rola na estreia em casa e Paris Saint-Germain goleia o Toulouse

Os números de Neymar ficam ainda melhores ressaltando que ele sofreu um pênalti no duelo deste domingo - vitória por 6 a 2 diante do Toulouse, em casa -, bem convertido por Cavani, e ainda iniciou a jogada para o gol de Pastore nesta mesma partida.

Com as duas exibições dentro do Campeonato Francês, o camisa 10 igualou o recorde de dribles em uma mesma partida. Também contra o Toulouse, o brasileiro acertou 14 dribles, igualando a marca de Ousmane Dembélé, que chegou a esse mesmo número em fevereiro de 2016, quando defendia o Rennes.

Leia também: Tia do lateral Daniel Alves é encontrada morta em rio na Bahia

Além disso, o atacante do PSG ainda se tornou o primeiro jogador do clube neste século a marcar gols em suas duas primeiras partidas. O último a conseguir o feito havia sido o francês Florian Maurice, há quase 20 anos, em outubro de 1997.

Por fim, Neymar se qualificou como o primeiro jogador nas últimas dez temporadas do futebol francês a marcar um gol e dar pelo menos uma assistência em seus dois primeiros jogos.

Críticas à diretoria do Barcelona

Após a goleada por 6 a 2 contra o Toulouse, o jogador brasileiro dispatou críticas contra a diretoria do Barcelona , apesar de exaltar o clube espanhol, pelo qual atuou em quatro temporadas. 

Leia também: Borussia Dortmund culpa o Barcelona pela indisciplina de Dembélé

"Estou muito triste com a diretoria do Barça, não são gente que tem que estar ali, o Barça merece muito mais.  Passei quatro anos muito felizes, tenho muito amigos no clube, espero que as coisas melhorem para eles e que voltem a ser uma equipe que possa competir", finalizou Neymar.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.