Tamanho do texto

Treinador italiano afirmou que desejava permanecer nos atual campeão da Premier League e declarou seu amor ao clube inglês

Claudio Ranieri, técnico campeão inglês com o Leicester
Twitter/ Leicester City
Claudio Ranieri, técnico campeão inglês com o Leicester

Demitido do Leicester City menos de nove meses depois de ter levado o clube a um histórico e inédito título na Premier League, o técnico italiano Claudio Ranieri se manifestou pela primeira vez após o rompimento e disse que seu "sonho" terminou.

LEIA MAIS: Leicester demite Claudio Ranieri, eleito o melhor técnico do mundo em janeiro

Por meio de um comunicado divulgado nesta sexta-feira, Ranieri afirmou que desejava permanecer nos "Foxes" e declarou seu amor ao time inglês. "Ontem meu sonho morreu, eu queria apenas ficar no Leicester. Após a euforia da última temporada, após termos sido coroados campeões da Premier League, aquilo que sonhava era ficar no Leicester City, o clube que amo, para sempre", disse o comandante. 

LEIA MAIS: Após usar touca e roupão de banho durante jogo, torcedor é banido dos estádios

Chamando sua epopeia na Inglaterra de "maior história do futebol", o técnico agradeceu à equipe e aos torcedores e lembrou que o improvável feito do ano passado não pode ser apagado. "Ninguém poderá nos tirar aquilo que alcançamos. Foi um período de felicidade e alegria que nunca esquecerei. Foi um prazer e uma honra ser campeão com vocês", concluiu o italiano.

LEIA MAIS: Jogador que atuou no Palmeiras é espancado por 15 pessoas e corre risco de morte

Confira o comunicado:

A diretoria do Leicester justificou a demissão de Claudio Ranieri com a má campanha do time na atual temporada. A equipe ocupa a 17ª posição no Campeonato Inglês, apenas um ponto acima da zona de rebaixamento, desempenho que prevaleceu sobre o feito conquistado no ano passado, quando os "Foxes" levantaram seu primeiro troféu em mais de 130 anos de existência. Na Champions League, os ingleses perderam o duelo de ida das oitavas de final diante do Sevilla, jogando na Espanha, e ainda podem avançar.  *Com informações da Agência Ansa

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.