Tamanho do texto

O camisa 33 passou a incluir pescados em suas refeições porque peixe "faz muito bem", segundo o treinador espanhol Pep Guardiola

Guardiola e Gabriel Jesus
Divugação
Guardiola e Gabriel Jesus

Gabriel Jesus foi contratado pelo Manchester City em agosto de 2016, por cerca de R$ 104 milhões. Logo após ser campeão Brasileiro pelo Palmeiras, antes de se apresentar ao time inglês, Pep Guardiola deu um período de descanso ao brasileiro.

LEIA MAIS: "Gabriel Jesus pode ser o melhor jogador do mundo", diz Ronaldinho Gaúcho

Em dezembro do ano passado, Gabriel Jesus  foi à Manchester para visitar a cidade e as instalações da equipe e chegou a revelar que levou sua primeira bronca do treinador, por ter bebido refrigerante durante um jantar. Ao ser questionado pelos jornalistas se seus atletas poderiam consumir refrigerantes, o comandante desparou: "Pode tomar, mas às vezes", disse Guardiola.

Em relação à alimentação, Pep Guardiola questionou se o camisa 33 gostava de comer peixe. O brasileiro respondeu que não, porque o sabor não lhe agradava. No entanto, o treinador disse que, no Manchester, o jogador deveria começar a comer pescados.

LEIA MAIS: As cinco exigências de Guardiola como treinador do Manchester City

O porquê, seria de que comer peixe é "muito bom". Apesar de uma explicação nada muito científica, Gabriel Jesus aceitou o pedido e passou a colocar o item em suas refeições. 

O café da manhã e o almoço de Gabriel Jesus ficam por conta do Manchester City, já que acontecem dentro do clube. Atualmente o jogador vive em um apartamento ao lado de seu irmão e sua mãe, quem cozinha e faz as demais refeições do filho.

Europa

Em seu início de carreira no futebol europeu, o brasileiro obteve sucesso imediato. Com destaque e três gols em cinco jogos, deixou nomes como Sergio Aguero no banco de reservas.

LEIA MAIS: Gabriel Jesus quebra osso do pé e deve perder o restante da temporada

Atualmente Gabriel Jesus se recupera de uma lesão no osso do metatarso do pé direito e ficará cerca de dois ou três meses sem jogar. "Ele é muito importante. Quando você está numa equipe grande, você tem muitas competições para jogar, então precisamos de todos os jogadores", disse Guardiola sobre a volta do brasileiro aos gramados.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas