Tamanho do texto

Atacante David Argañaraz tomou as dores de um companheiro e se deu muito mal. Além de machucar o joelho, ele ainda levou dois pontapés

Jogador David Argañaraz tenta acertar uma voadora no gandula e sofre grave lesão
Reprodução / Facebook
Jogador David Argañaraz tenta acertar uma voadora no gandula e sofre grave lesão

Na semana passada, o Talleres de Perico venceu o Central Norte por 1 a 0 pela Copa da Argentina, mas, mesmo assim não conseguiu a classificação à próxima fase da competição. Pior do que a eliminação fora de casa foi a grave lesão sofrida pelo atacante David Argañaraz com a partida já terminada - o diagnóstico recente é de ruptura dos ligamentos cruzados do joelho direito.

LEIA MAIS: Agressão a árbitro rende 47 jogos de suspensão a jogador de time espanhol

Mas como isso aconteceu? Na saída para o vestiário, Franco Sosa, um outro jogador do Talleres, levou uma cusparada no rosto e Argañaraz tomou as dores do companheiro, correndo atrás da pessoa que havia cuspido. Na tentativa de acertar uma voadora nas costas do agressor, que era o gandula do duelo, o atacante prendeu o pé no gramado e torceu o joelho. Ele caiu na hora sentindo muitas muitas dores e ainda levou dois pontapés.

Veja as cenas lamentáveis no vídeo abaixo:

"Eu estava entrando no túnel para o vestiário e um menino cuspiu na minha cara. Mas eu não reagiu" , disse Sosa. "Meus companheiros viram o que aconteceu, então dois deles começaram a perseguir para pegá-lo". Estes dois jogadores foram Santiago Vera e David Argañaraz, que se machucou na tentativa da agressão.

LEIA MAIS: Discussão em TV santista tem até palavrão ao vivo: "Vai se f****"; assista

"Eu fui insultado e cuspido durante todo jogo, mas isso acontece em todos os campos de futebol argentino, para dizer a verdade. Mas isso na saída do jogo nunca tinha acontecido comigo", finalizou Franco Sosa, que é um dos mais experientes do elenco do Talleres de Perico, com 35 anos de idade.

LEIA MAIS: Gustavo Scarpa ou David Beckham? Só o tempo vai dizer

O jogador David Argañaraz não poderá ajudar a equipe no primeiro semestre do Torneo Federal B, o equivalente à quarta divisão na Argentina. O prazo de recuperação é de, pelo menos, seis meses.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.