Tamanho do texto

A Prefeitura de São Paulo tenta atrair os jogos do Flamengo para o Pacaembu; a torcida do clube carioca tem histórico de boa média no local

Torcida do Flamengo
Divulgação
Torcida do Flamengo

A prefeitura de São Paulo quer que o Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu, seja o palco principal dos jogos do Clube de Regatas do Flamengo no Campeonato Carioca e também no Brasileirão em 2017.

Leia mais: Trabalhador britânico morre em obra de estádio da Copa do Mundo no Catar

Jorge Damião, secretário municipal de Esportes e Lazer da capital paulista, vai se reunir ainda esta semana com o presidente do Mengão, Eduardo Bandeira de Melo. No encontro, o convite para o Pacaembu será formalizado.

"Queremos o Flamengo jogando no Pacaembu. Já imaginou um Fla-Flu no Pacaembu? A torcida do Flamengo é fantástica e pode ajudar nesse processo de reafirmação do Pacaembu como uma arena esportiva", disse Jorge Damião ao jornal "O Estado de S. Paulo".

Em 2015, o clube carioca chegou a jogar duas partidas no estádio do Pacaembu durante o Campeonato Brasileiro. Em setembro, o Flamengo enfrentou o Figueirense e contou com mais de 30 mil pagantes. Um mês depois do duelo com o time catarinense, o público na partida contra o Santa Cruz atingiu cerca de 21 mil espectadores.

Leia mais: Após furtos, vigias fazem segurança noturna ao redor do Maracanã

Um dos fatores fundamentais que sustentou a ação da Prefeitura de São Paulo foi a escassez de estádios cariocas. O Maracanã, por exemplo, passa por um período de crise e abandono. O templo do futebol brasileiro está em estado deplorável e más condições para uso. Sem dono e sem lei, o estádio teve equipamentos e materiais roubados, tal como estátuas pichadas.

Além disso, o estádio escolhido temporariamente para o clube jogar, o Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador, só tem capacidade para 15 mil pessoas.

Torcida do Flamengo no Pacaembu
Divulgação
Torcida do Flamengo no Pacaembu

Os relevantes números de flamenguistas durante os dois domingos de jogos na cidade de São Paulo também influenciaram o convite. Conseguir uma boa visibilidade do Pacaembu garante também investimentos para o processo de concessão da arena. Segundo a prefeitura, o valor necessário para o modelo de concessão, que ainda é base de estudos, seria de R$ 300 milhões a R$ 600 milhões para a modernização do local.

Leia mais: Liminar obriga concessionária a reassumir manutenção do Maracanã

Outros negócios

Além do Flamengo, a prefeitura municipal ainda busca atrair outros clubes do país. O São Paulo vai jogar pelo menos duas vezes no Pacaembu pelo Campeonato Paulista. O Santos joga já neste domingo (29), numa partida amistosa contra o Kenitra, clube marroquino. No Paulistão e Libertadores, o Peixe marca mais algumas visitas ao estádio. 

Expandindo ainda mais os negócios, o Pacaembu vai receber seis jogos da seleção brasileira de rugby.

    Leia tudo sobre: futebol