Tamanho do texto

Pallesi reconhece a evolução do atacante do Palmeiras e comenta a boa fase

Guilherme Pallesi reconhece o bom momento vivido pelo atacante Deyverson e diz que chegou a hora de pedir desculpas ao jogador. O atleta tem papel fundamental na boa fase do Palmeiras que vence o duelo contra o Grêmio e segue líder do Campeonato Brasileiro. Confira tudo na coluna:

Leia também: Deu a lógica no Mineirão

O líder Palmeiras iniciou a partida em cima do Grêmio e aos sete minutos fez a festa da torcida. Dudu avançou pela direita e cruzou. No primeiro pau, Deyverson se esticou e conseguiu desviar. O goleiro Paulo Victor até tenta salvar, mas sem sucesso, e a bola morre no fundo das redes.

Com 13 minutos jogados, Diogo Barbosa cobrou falta e desta vez o arqueiro tricolor defendeu. Com 15, Cícero cruzou na área, Pepê desviou de cabeça sozinho, mas mandou por cima. O confronto passou a ficar mais travado, com poucas chances de gol.

Leia também: Palmeiras mais favorito do que nunca e São Paulo da adeus ao Brasileirão

Enquanto o  Palmeiras tentava usar a velocidade e lançamentos, o gaúcho buscava infiltrar com troca de passes e triangulações. Aos 47 minutos, o árbitro encerrou o primeiro tempo no Pacaembu.

As chances de maior perigo antes dos 20 primeiros minutos foram em dois pedidos de pênaltis feitos pelos palmeirenses, nenhum deles com êxito. Aos 20 minutos, Luan cobrou falta da esquerda direto para o gol e assustou Fernando Prass.

Quatro minutos depois, Willian puxou contra-ataque e passou para Dudu, que disparou pela direita, invadiu a área e bateu rasteiro. Com a perna direita, porém, Paulo Victor fez a defesa e evitou o segundo gol do atacante palmeirense.

Leia também: Palmeiras e Grêmio colocariam Real Madrid na "roda" em possível final do Mundial

Aos 33, a zaga palmeirense deu chutão pra frente e Deyverson brigou pela bola com Bressan, que se atrapalhou ao tentar afastar. O defensor gremista escorregou e o atacante roubou a bola, cortou para a direita e bateu alto para vencer Paulo Victor e ampliar o placar no Pacaembu.

A equipe de Deyverson , então, passou somente a administrar a partida e aos 48 o árbitro encerrou o duelo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.