Tamanho do texto

Equipe de basquete de 1994 fez o Rio Grande do Sul se juntar em uma só voz

time de basquete
arquivo/ reprodução
O Pitt/Corinthians foi responsável por unir a torcida Gre-Nal em 1994

O Gre-Nal nº 419 acontece neste domingo, as 16h00 (horário de Brasília), pela primeira rodada da final do Campeonato Gaúcho. Conhecendo a história, é impossível imaginar que uma das maiores rivalidades futebolísticas do Brasil já manteve uma parceria, não é mesmo? Mas isso aconteceu, e no basquete.

Leia também:  Cirurgia de Pelé foi "bem-sucedida" e o Rei do Futebol segue internado em SP

Caso não se lembre, no ano de 1994 a torcida Gre-Nal se uniu para apoiar o Pitt/Corinthians, um time de basquete da cidade de Santa Cruz que vestia verde e era treinado pelo técnico Ary Vidal.

A equipe gaúcha disputava o título brasileiro de basquete com o Franca e em abril de 1994 fez história. O Pitt/Corinthians reverteu um placar adverso de 2 a 0 para 3 a 2 na série final e se consagrou o único campeão nacional do  basquete gaúcho.

A festa foi tão grande, que o técnico Ary comentou na época que viu gremistas e colorados se abraçarem após a conquista do título.

Leia também:  Último sobrevivente do incêndio no Ninho do Urubu, recebeu alta neste sábado

O feito é realmente importante para o esporte e virou livro nas mãos do jornalista Guilherme Mazui Roesler. Em entrevista à Agência Brasil ele contou um pouco sobre sua obra. “É uma história de superação de uma cidade, de um clube, de dirigentes, comissão e atletas que contagiaram um estado conhecido pelas façanhas da dupla Gre-Nal no futebol”.

O livro demorou dez anos para ser produzido. Roesler reuniu informações, fez mais de 50 entrevistas, revisitou documentos e histórias de quem viveu naquela época para contar com sutileza e riqueza de detalhes o título do Pitt/Corinthians .

“Minha família foi morar em 2001 na cidade [Santa Cruz do Sul] e vive até hoje lá. Fui me apaixonando pela história conforme ouvia os relatos das pessoas que viveram aquele período áureo”, admitiu o jornalista.

A obra se chama “Corinthians do Ary Vidal” e será lançada na próxima terça-feira (16) na cidade de Santa Cruz do Sul, com a presença de alguns campeões de 1994. Roesler também fará uma festa de lançamento em Brasília.

“Indico o livro para quem gosta de esporte e, principalmente, para todo amante do basquete. O livro, ao tentar fazer uma fotografia do basquete brasileiro à época, busca a história dos principais clubes, atleta e técnicos”, finalizou o escritor.

Leia também:  Com futebol, Arsenal ajuda crianças sírias a encontrarem paz no pós-guerra

E aí, quem está ansioso para ler mais sobre a história do time de basquete que juntou a torcida Gre-Nal ?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.