Tamanho do texto

Astro do Los Angeles Lakers ultrapassou a marca de 32.292 pontos e assumiu a quarta posição no ranking histórico da liga; próximo alvo é Kobe Bryant

Astro da franquia de Los Angeles, LeBron ultrapassou Michael Jordan nesta quarta-feira
Reprodução/@bleacherreport
Astro da franquia de Los Angeles, LeBron ultrapassou Michael Jordan nesta quarta-feira

A noite desta quinta-feira foi histórica na NBA . Com os 31 pontos somados no duelo contra o Denver Nuggets, o astro dos Lakers LeBron James ultrapassou Michael Jordan na lista de maiores pontuadores de todos os tempos da liga de basquete norte-americana.

Agora, Lebron soma 32.311 pontos, 17 a mais do que o ídolo dos Chicago Bulls anotou em toda a sua carreira. Com isso, os quatro primeiros colocados do ranking dividem uma similaridade: todos tiveram passagem pela franquia de Los Angeles, sendo Jordan o "intruso" entre os cinco primeiros.

Leia também: Rodada da NBA tem líderes do Oeste derrotados e Jazz mantendo boa fase

Veja o lance que garantiu a marca de LeBron


Confira o Top 10 da lista de recordistas da NBA

  1. Kareem Abdul-Jabbar - 38.387 pontos
  2. Karl Malone - 36.928 pontos
  3. Kobe Bryan - 33.643 pontos
  4. LeBron James - 32.297 pontos (até o término do 1° quarto do jogo de hoje)
  5. Michal Jordan - 32.292 pontos
  6. Wilt Chamberlain - 31.419 pontos
  7. Dirk Nowitzki - 31.362 pontos
  8. Shaquille O'Neal - 28.596 pontos
  9. Moses Malone - 27.409 pontos
  10. Elvin Hayes - 27.313 pontos

Apesar da distância para o primeiro colocado, o inesquecível Kareem Abdul-Jabbar, LeBron ainda pode entrar no exclusivo "Top 3" desse ranking. O próximo adversário a ser alcançado é ninguém menos que Kobe Bryan, ídolo do próprio Los Angeles Lakers, que somou 33.643 pontos.

Leia também: Rodada da NBA tem "milagre" de Dwyane Wade e Lakers voltando a vencer

Infelizmente para o torcedor dos Lakers, o recorde veio em noite de mais uma derrota da franquia na temporada regular. Mesmo jogando em casa, o time não foi páreo para o bom momento dos Nuggets e caiu por 115 a 99.

Com o resultado, os Lakers agora somam 30 vitórias e 35 derrotas, ficando cada vez mais longe da zona de classificação para os playoffs. Por outro lado, a franquia de Denver segue somando resultados positivos e brigando pelas primeiras posições na Conferência Oeste.

Resultado da rodada - 06/03/2019

  • Miami Heat 91 x 84 Charlotte Hornets
  • Minnesote Timberwolves 114 x 131 Detroit Pistons
  • Dallas Mavericks 123 x 132 Washington Wizards
  • San Antonio Spurs 111 x 104 Atlanta Hawks
  • Cleveland Cavaliers 107 x 113 Brooklyn Nets
  • Philadelphia 76ers 107 x 108 Chicago Bulls
  • Utah Jazz 114 x 104 New Orleans Pelicans
  • New York Knicks 96 x 107 Phoenix Suns
  • Boston Celtics 111 x 109 Sacramento Kings
  • Denver Nuggets 115 x 99 Los Angeles Lakers

Final maluco em Chicago

Último lance da partida teve que ser disputado duas vezes antes que a vitória dos Bulls se confirmasse
Reprodução/@bulls
Último lance da partida teve que ser disputado duas vezes antes que a vitória dos Bulls se confirmasse

Outro duelo interessante desta quarta-feira aconteceu na cidade dos ventos, onde os Bulls receberam o Philadelphia 76ers e saíram de quadra vitoriosos por 108 a 107. A partida só foi decidida no último lance, que teve, inclusive, que ser jogado duas vezes.

Quando o cronômetro marcava 0,5s para o final, os Sixers tiveram uma última tentativa de passar à frente no placar. Porém, por um erro na contagem do tempo, o relógio avançou sem que a bola entrasse em jogo, iniciando a festa da torcida e do time dos Bulls.

Entretanto, com o erro identificado, os jogadores tiveram que voltar à quadra e refazer o último lance. Ainda assim, o time da Philadelphia não conseguiu converter a posse e foi "derrotado" pela segunda vez na mesma noite.

A derrota evita que os 76ers se distanciem dos Celtics, seu principal perseguidor na briga pela 4ª posição no Leste, e faz com que o time tenha que torcer exatamente por LeBron e cia, que enrfentam a franquia de Boston no próximo sábado.

    Leia tudo sobre: NBA