Tamanho do texto

De volta ao time da Flórida, Dwayne Wade ficou emocionado ao saber da morte do jovem torcedor e dedicou ao fã seu retorno à equipe do Miami Heat

Dwayne Wade dedicou a temporada de 2018/2019 a Joaquin Oliver, uma das vítimas do tiroteio em escola na Flórida
Reprodução
Dwayne Wade dedicou a temporada de 2018/2019 a Joaquin Oliver, uma das vítimas do tiroteio em escola na Flórida

No início de fevereiro de 2018, Dwayne Wade retornou ao Miami Heat depois de dois anos. Ídolo do time da Flórida , o veterano foi envolvido em uma troca com o Cleveland Cavaliers e sua volta à equipe abalou as estruturas dos fãs. Mas um torcedor, em especial, ganhou a atenção do jogador: Joaquin Oliver, uma das 17 vítimas do tiroteio do colégio Marjory Stoneman Douglas.

Leia também: Corrida de bebês é a coisa mais fofa que você poderia ver na rodada da NBA

No dia 14 de fevereiro, um ex-aluno invadiu a entidade em Parkland e foi protagonista de um tiroteio que matou jovens estudantes. Um dos mortos era Joaquin Oliver, que aos 17 anos de idade, foi enterrado vestindo uma camisa de Dwayne Wade. Ao tomar conhecimento sobre o fato, o astro da NBA ainda fez uma publicação emocionado: "Vão me fazer chorar por isso".

Leia também: Kobe Bryant é indicado ao Oscar de melhor curta-metragem de animação

"Este é Joaquin Oliver. Ele é um dos 17 jovens que perderam suas vidas tragicamente no Douglas HighSchool em Parkland. Joaquin foi um dos muitos que ouvi dizer estar empolgado sobre minha volta a Miami e ontem foi enterrado na minha camisa. É por isso que não vamos simplesmente nos calar e driblar! É maior que o basquete. Nós somos as vozes para as pessoas que não conseguem ser ouvidas. Joaquin Oliver descanse em paz e eu dedico a minha volta e o resto da temporada do Miami Heat para você", escreveu Wade.

Leia também: Que treta! Jogadores trocam socos durante partida da NBA; assista o vídeo

Massacre na Flórida

No dia 14 de fevereiro de 2018, um ex-aluno do colégio Stoneman Douglas High School, identificado como Nikolas Cruz, deixou 17 mortos e pelo menos 15 feridos em um tiroteio. O massacre em Parkland superou o de Columbine, que aconteceu em 1999 e deixou 15 mortos. O autor dos disparos, de 19 anos de idade, havia sido expulso da entidade por indisciplina e já havia feito ameaças aos antigos colegas de classe.

    Leia tudo sobre: NBA
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.