Tamanho do texto

O Cleveland Cavaliers movimentou o mercado da NBA nesta quinta. Clube cedeu seis atletas em trocas envolvendo cinco franquias; veja movimentação

O Cleveland Cavaliers reformulou completamente o seu elenco para o restante da temporada da NBA . No último dia da janela de transferências da liga, o time de LeBron James mandou metade do time para outros clubes em trocas polêmicas.  Isaiah Thomas , Dwyane Wade , Derrick Rose , Jae Crowder , Iman Shumpert e Channing Frye deixam a franquia e nirão se unir a outros elencos.

Leia também: Torcedor invade a quadra, provoca e leva empurrão de astro da NBA; assista

Isaiah Thomas atuando pelo Cleveland Cavaliers
Reprodução/Twitter
Isaiah Thomas atuando pelo Cleveland Cavaliers

Isaiah Thomas e Channing Frye foram enviados para os Los Angeles Lakers na troca  que comeou a movimentar a tarde, juntos com uma escolha de primeira rodada do próximo Draft. Em contrapartida, os Cavaliers receberam armador Jordan Clarkson e o ala-pivô Larry Nance Jr.

O armador Isaiah Thomas tinha chegado no início da temporada vindo do Boston Celtics, quando o clube enviou o all-star Kyrie Irving. O baixinho demorou para estrear em Cleveland devido a uma lesão na bacia, fazendo sua primeira partidas apenas em janeiro deste ano. Curiosamente, sete meses depois de deixar os Celtics ele irá atuar nos Lakers, o maior rival da sua antiga equipe.

Outro fato interessante é que ele ganhou seu nome após seu pai ter perdido uma aposta durante a final da NBA de 1989, quando os Lakers, seu clube favorito, perderem para os Pistons, comandados pelo astro Isiah Thomas. A diferença da grafia dos dois atletas se deu porque sua mãe apenas aceitou batizar seu filho desta maneira caso ele tivesse um nome bíblico. Isaiah é Isaías em inglês.

Leia também: LeBron James no Warriors? Ídolo do Cavs pode se juntar à equipe da Califórnia

A segunda movimentação desta tarde envolveram três clubes. O Cleveland cedeu Jae Crowder, que também fez parte da troca por Kyrie Irving, e o ex-MVP Derrick Rose ao Utah Jazz e Iman Shumpert ao Sacramento Kings. Para reforçar seu elenco, os Cavaliers receberam Rodney Hood do Jazz e George Hill dos Kings.

Depois da troca, o Utah declarou que não vai ficar com Derrick Rose e deve liberá-lo para o mercado e economizar com os salários do ala. Ele recebe pouco mais de 2 milhões de dólares por temporada.

Como parte do negociação, Joe Johnson deixou os Kings para se juntar aos Kings.

A terceira troca do dia foi a que menos fez sentido. Os Cavaliers cederam o all-star Dwyane Wade para o Miami Heat. Na troca, o clube recebeu apenas uma escolha de segunda rodada do Draft de 2020. Mesmo assim, cedeu esta escolha para sacramento, como parte do negócio que havia sido feito anteriormente. Assim, wade volta para a franquia onde conquistou três títulos da NBA.

Leia também: LeBron e Durant x Curry e Antetokounmpo: os supertimes do All-Star Game da NBA

Com isso, o Clevland Cavalier trocou metade do seu time, inclusive alguns dos jogadores mais consagrados, para tentar melhorar a campanha na atual temporada e rejuvenecer seu elenco. Eles estão na terceira colocação da conferência leste, com 31 vitórias e 22 derrotas. 

    Leia tudo sobre: NBA
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.